29 de Abril de 2016 • 10:52 pm

Maceió

Sindpol deve desocupar o Porto neste sábado, após assembleia

Antes, porém, o Sindpol realiza assembleia com a categoria, na manhã de sábado. Até lá eles permanecem acampados em frente ao Porto, onde estão desde o final da manhã de terça-feira (25) e a greve continua, apesar de duas decisões judiciais declarando a sua ilegalidade, e a arbitragem de multa diária de R$ 10,ooo, imposta pela Justiça, contra o sindicato, caso a paralisação seja mantida.

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Foto: Assessoria TJ

Foto: Assessoria TJ

O Sindicato dos Policiais Civis (Sindpol) deve desmontar o acampamento montado em frente ao Porto de Maceió neste sábado. Esse foi o encaminhamento tirado na reunião de conciliação realizada na noite desta sexta-feira (29), na sede da Escola Superior da Magistratura (Almagis), entre representantes da categoria e do governo do Estado, mediada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), desembargador Washington Luiz.

Antes, porém, o Sindpol realiza assembleia com a categoria, na manhã de sábado. Até lá eles permanecem acampados em frente ao Porto, onde estão desde o final da manhã de terça-feira (25) e a greve continua, apesar de duas decisões judiciais declarando a sua ilegalidade, e a arbitragem de multa diária de R$ 10,ooo, imposta pela Justiça, contra o sindicato, caso a paralisação seja mantida.

O encontro foi a portas fechadas e a proposta feita pelo Estado não foi divulgada. Mas ambas as partes saíram falando em diálogo. Os secretários de Segurança, coronel Lima Junior, e de Planejamento e Gestão, Christian Teixeira, vão conversar com o governador sobre o que foi discutido na reunião, enquanto o Sindpol conversa com os policiais.

Um novo encontro ficou marcado para a próxima terça-feira, e a expectativa do Judiciário é de as partes cheguem a um denominador comum. Caso não haja enendimento, o Judiciário vai fazer os ancaminhamentos necessários ao cumprimento das decisões que mandaram os policiais cessarem o movimento grevista; que declarou a greve ilegal.

Deixe o seu comentário