5 de maio de 2016 • 10:24 am

Maceió » Saúde

SMS confirma casos de microcefalia por infecção do Zika vírus em Maceió

Casos de Dengue praticamente dobraram, em relação ao mesmo período do ano passado, passando de 885 para 1.547 notificações na capital alagoana

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Divulgado na noite desta quarta-feira (04), o boletim da Coordenação de Vigilância Epidemiológica ligada à

É grave o quadro em Alagoas.

Ilustração / reprodução Internet

Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), confirmou 5 casos de microcefalia por infecção pelo Zika vírus em Maceió. De acordo com a SMS, até 03 de maio foram recebidos 76 casos suspeitos, desse total, 36 ainda estão sob investigação.

No levantamento, que traz um panorama completo sobre dados da Dengue, febre Chikungunya e Zika vírus relativos ao período de 17 a 23 de abril deste ano, a secretaria aponta um registro de 1.547 casos notificados de Dengue, um aumento relevante se comparado ao mesmo período do ano anterior, no qual foram notificados 885 casos da doença. Em 2016, um caso grave ocorrido no bairro do Tabuleiro foi confirmado e 15 seguem sob investigação.

De acordo com informações da assessoria de comunicação do órgão, no mesmo período foram notificados 515 casos de febre Chikungunya. Destes, 47 foram confirmados por laboratório, 222 por critério clínico-epidemiológico e os demais estão sob observação. No mesmo período no ano anterior, apenas 11 casos da doença haviam sido confirmados pelo estudo.

Zika vírus

No que diz respeito ao número de notificações recebidas em função do Zika vírus, até o período, 2.622 casos suspeitos foram notificados na capital, destes, 24 são de gestantes. Do total, 51 casos foram confirmados por exame laboratorial e 683 por critério clínico epidemiológico.

 

Deixe o seu comentário