18 de outubro de 2017 • 8:09 am

Corrupção

TCU: BNDES pagou indevidamente 20% mais por ações da JBS

Banco teve uma perda de R$ 285,6 milhões só ao adquirir a participação na empresa; Total de investimentos alcançou R$ 2,6 bilhões

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) concluiu que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) pagou indevidamente 20% a mais por ações da JBS na operação para apoiar a compra do frigorífico National Beef Packing e da divisão de carnes da Smithfield Foods, ambos nos Estados Unidos.

Joesley Batista em foto tirada no dia 7 de setembro, no aeroporto de Brasília, em dia que empresário foi ouvido novamente.

O relatório sobre o caso, obtido pela Folha, aponta “dano ao erário” de ao menos R$ 303 milhões no negócio, feito em 2008. O julgamento do processo está previsto para esta quarta-feira (18).

Conforme a investigação do tribunal, o banco teve uma perda de R$ 285,6 milhões ao adquirir a participação na empresa dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Além disso, deixou de obter R$ 18,3 milhões em dividendos, pois poderia ter comprado um lote maior de ações, pagando o “preço justo”. Os valores estão atualizados a julho.

O relatório foi concluído no fim de setembro e distribuído na segunda-feira (16) aos ministros do TCU. A investigação propõe que a corte responsabilize Joesley, o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e o empresário Victor Garcia Sandri, apontado como amigo do petista, pelo suposto prejuízo.

Negócio bilionário

BNDESPar, braço do banco para a aquisição de participações, investiu o equivalente a R$ 2,6 bilhões, em valores atuais, para adquirir ações da JBS. O aporte visou capitalizar o grupo para a compra das concorrentes. Com a operação, o banco passou a ser dono de uma fatia maior da empresa.

O negócio fez parte da política de “campeões nacionais” dos governos do PT. Segundo o TCU, com base em dados do próprio BNDES, entre 2005 e 2014, o banco repassou mais de R$ 10 bilhões para a JBS.

Deixe o seu comentário