22 de maio de 2017 • 11:02 am

Brasil

Temer desafia políticos: ‘Se quiserem, me derrubem’, diz na Folha de S. Paulo

Agarrado ao Poder, Presidente descarta em todas as conversas a possibilidade de renúncia

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Acuado diante da delação premiada de Joelson Batista, flagrado em episódios de corrupção explícita, o Presidente Michel Temer tem declarado a aliados que não deixa o cargo de jeito nenhum. “Se quiserem, me derrbem”, desafia.

Pelo menos foi o que noticiou nesta segunda-feira, 22, o jornal Folha de S. Paulo. Segundo o jornal Temer voltou a negar a possibilidade de renunciar ao mandato e isso tem sido dito em todas as conversas com interlocutores, os quais o avisam que o governo acabou.

O político também negou saber que o empresário Joesley Batista, da JBS, era investigado quando o recebeu. Joesley gravou conversa com Temer, e a divulgação do diálogo deu início ao FriboiGate, maio crise já enfrentada pelo peemedebista. A conversa não constava da agenda oficial do presidente.

Michel Temer ainda afirmou ter uma relação apenas “institucional” com do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Na investigação do FriboiGate, foram feitas imagens do congressista recebendo uma mala de dinheiro.

Deixe o seu comentário