27 de dezembro de 2016 • 12:36 pm

Maceió

Temer libera recursos para a seca e Exército fecha centro de convenções

Centro de convenções foi fechado por causa das manifestações contrárias a Temer. Autoridades foram barradas à entrada.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Michel Temer chegou a Maceió às 10 horas desta terça-feira, 27, e enfrentou manifestações nas ruas por parte dos movimentos sociais. El que veio participar de um envento de liberação de recursos para atebuar os efeitos da seca, montou sua estratégia de segurança para passar bem distante dos manifestantes. Mas, em frente ao Centro de Convenções, Ruth Cardoso, Temer encontrou um grupo dos movimentos sociais com faixa e cartazes de “fora Temer”.

Prefeitos cobram Temer e do lado de fora protestos.

No auditório Gustavo Leite,  o presidente Michel Temer assinou um convênio de R$ 15,7 milhões com o governo do Estadoes, para instalação de cisternas de tecnologias de primeira água, além de cisternas para escolas das regiões do Agreste e do Sertão. Serão construídas com os recursos  500 cisternas nas escolas do Agreste e Sertão e, ainda, 2.670 cisternas de tecnologia de primeira água.

Durante o evento, a policia do Exército, em forte esquema de segurança, fechou os portões do Centro de Convenções, enquanto os manifestantes liderados por sndicalistas, estudantes e o Movimentio Mulheres de Olga protestavam à entrada Com o fechamento dos portões, deputados estaduais e secretários de estado, atrasados, ficaram barrados na entrada do prédio.

Dentro o prédio Temer ouviu cobranças dos prefeitos alagoanos sobre a liberação dos recursos das multas e juros da repatriação e da sanção da Lei do ISS. Nos dois casos, segundo presidente da AMA, Marcelo Beltrão, os municípios serão beneficiados.

 

Deixe o seu comentário