1 de Janeiro de 2018 • 6:31 pm

Brasil

Temer não obedece ordens médicas e agrava a infecção urinária

Médicos proibiram agenda corrida para esta terça-feira, dia dois.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O presidente Michel Temer, 77 anos, recebeu a visita de médicos no último fim de semana de 2017. Segundo a assessoria de imprensa do Planalto, o presidente recebeu recomendação de descanso “após agenda exaustiva” na última semana.

Temer: infecção urinária grave

Os médicos reclamaram de que ele não tem obedecido às recomendações de descansar. Por isso, proibiram a viagem ao Rio de Janeiro para passar o réveillon na Restinga da Marambaia.

Há 2 semanas, Temer foi submetido a 1 procedimento de desobstrução da uretra e permanece com uma sonda. Quando esse tipo de sonda é usada por muito tempo costuma provocar infecções. A rebeldia do presidente fez agravar o quadro.

Na semana passada, ele teve 1 mal estar e reclamou muito da sonda. Os médicos, então, passaram a administrar 1 antibiótico mais forte.

Temer passou a noite de Ano Novo em Brasília. Segundo a assessoria, deve retornar normalmente às atividades amanhã (2.jan.2018). A agenda oficial indica apenas a realização de despachos internos no Palácio do Planalto, a partir das 10h.

Deixe o seu comentário