19 de agosto de 2017 • 11:11 am

Brasil

Temer quer cortar 1 milhão de auxílios-doenças na previdência social

Depois de gastar dinheiro com os deputados, o presidente já cortou 400 mil benefícios

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Depois de usar verba pública para comprar deputados e se manter como presidente, Michel Temer está anunciando agora o corte de 1 milhão de benefícios auxílio-doença na previdência social.

Temer faz cortes na previdência

Cerca de 400 mil benefícios já foram cancelados, segundo denunciou neste sábado, 19, o jornal O Estado de S.Paulo.

Com o aumento do rombo nas contas públicas pelo que praticou para se salvar de processo da Justiça na Câmara dos Deputados, Temer pretende economizar R$ 17 bilhões em cima da vítimas da previdência social até o fim de 2018.

Vale lembrar que o novo rombo fiscal anunciado pelo governo, de R$ 159 bilhões, elevará ainda mais o limite para que o peemedebista utilize as emendas parlamentares para a compra de parlamentares no Congresso, onde Temer enfrentará novas denúncias

Deixe o seu comentário