30 de agosto de 2016 • 7:39 am

Brasil

Temer vai comemorar impeachment na China com deputados e senadores

Viagem já está marcada para logo após a cassação da presidente e Dilma Rousseff.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

 

Ainda interino, o presidente Michel Temer (PMDB) já tem pronta sua comitiva para a viagem à China, que será um misto de comemoração ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, com apresentação à reunião do G-20. A viagem deve acontecer nesta quarta-feira, 31.

No avião presidencial, além dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e José Serra (Relações Exteriores), acompanharão o peemedebista o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-ministro do Planejamento e senador, Romero Jucá (PMDB-RR).

Estrão também na comitiva os deputados federais Beto Mansur (PRB-SP), Pauderney Avelino (DEM-AM), Fábio Ramalho (PMDB-MG) e Altineu Côrtes (PMDB-RJ), indicados pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que assim afaga a própria base política na casa com uma viagem turística.

A decisão de Temer de levar parlamentares nessa viagem se deu exatamente devido ao receio dele de enfrentar dificuldades na aprovação de medidas econômicas no Congresso Nacional.

Com esse aceno, Temer mantém as expectativas na base aliada de que outros “afagos” virão para os parlamentares sempre sequiosos para a bebedeira  na fonte do poder.

 

Deixe o seu comentário