24 de maio de 2016 • 1:39 pm

Educação

Trabalhadores da educação estadual paralisam suas atividades por 24 horas

Este é o quarto ato da categoria no mês de maio

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Mais um dia de paralisação na Educação. Cumprindo decisão tomada em assembleia geral realizada no dia 18 deste mês, pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), a categoria categoria cruzou os braços nesta terça-feira (24). Uma nova assembleia foi realizada na sede do Sindicato dos Bancários, para traçar novas estratégias de mobilização.

Greve na educação

Greve na educação

Este é o quarto ato realizado pelo Sinteal, só neste mês.

A data-base dos servidores da educação estadual é maio, porém, segundo o sindicato, ainda não houve uma proposta interessante por parte do Governo do Estado em relação às suas reivindicações. A categoria cobra reajuste salarial de 11,36%, implantação da progressão, chamada da reserva técnica, inclusão dos secretários escolares no quadro da educação, pagamento do piso ao magistério de nível médio, melhoria da infraestrutura da rede e valorização dos aposentados.

Deixe o seu comentário