26 de outubro de 2015 • 2:38 pm

Política

Três chapas disputam eleição para reitor da Ufal nesta terça-feira

Comissão eleitoral divulga orientações para consulta pública que se realiza na capital e no interior

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

eleição ufalAmanhã (27) é dia de eleição na Universidade Federal de Alagoas. Três chapas disputal, em consulta pública que se realiza das 9 às 21 horas nos polos e unidades da capital e do interior do Estado:

Chapa 01 – Outra Ufal é Possível – que tem como candidata Valéria Correia, diretora da Faculdade de Serviço Social, e como vice o coordenador do curso de História do Campus do Sertão, José Vieira;

 

Chapa 02Seja Mais Ufal, encabeçada por Rachel Rocha, atual vice-reitora da Ufal, com o diretor do Instituto de Matemática, José Carlos como vice;

 

Chapa 03Muda Ufal, liderada por Márcio Barboza, presidente da Adufal, com Eliane Cavalcanti, diretora do Campus Arapiraca como vice.

A eleição, cujo processo foi deflagrado desde o primeiro semestre, acabou sendo adiada por causa da greve da Ufal. A consulta, que será submetida, ainda, ao Conselho Universitário, servirá de base para o Ministério da Educação, a quem cabe a decisão final sobre a nomeação do novo comando para a reitoria da Ufal. Tradicionalmente a indicação recai sobre o candidato mais votado pela comunidade universitária.

De acordo com as normas estabelecidas pela Comissão Central Eleitoral, designada pelas entidades que representam os segmentos da Universidade Federal de Alagoas – Adufal, Sintufal e DCE – a consulta pública será realizada nesta terça-feira, 27, das 9h às 21h. Nos polos e unidades que não têm funcionamento noturno, a votação será encerrada às 17h. No Hospital Universitário, a votação será iniciada às 8h.

Para votar, os eleitores, alunos e servidores, devem levar documento oficial com foto. No caso dos estudantes regularmente matriculados, será aceita a carteira estudantil emitida pela Transpal. Não estão aptos a votar servidores aposentados, licenciados, afastados ou cedidos para outros órgãos.

Os fiscais das três chapas concorrentes devem se apresentar à mesa receptora de votos para serem identificados e não poderão fazer uso de nenhum tipo de símbolo que identifiquem as candidaturas. Eles usarão camisetas com a inscrição “fiscal”. Para os eleitores, não será permitida a realização de atos de campanha nem de qualquer manifestação que configure “boca de urna” a menos de cem metros do local de votação. Também serão proibidas as manifestações sonoras e o transporte caracterizado de eleitores.

A comissão convoca todos os mesários a comparecerem aos locais de votação uma hora antes do início da consulta. Os estudantes participantes do processo na condição de mesários voluntários terão direito a certificado de 20 horas de carga horária flexível. Os bolsistas e os servidores, técnicos e docentes, que também participarem como mesários, terão direito a uma folga por turno trabalhado.

Ao encerrarem as votações​, as urnas deverão ser encaminhadas ao auditório do Centro de Interesse Comunitário (CIC), situado no Campus A.C. Simões, em Maceió, onde será feita a apuração – após a chegada de todas as urnas.

Caso haja segundo turno, uma nova consulta será feita no dia 5 de novembro.

 

 

Deixe o seu comentário