6 de Janeiro de 2018 • 3:06 pm

Mundo » Personalidades

Trump no Twitter: “Valorizo minha instabilidade mental e ser, tipo, muito inteligente”

Michael Wolff escreveu um livro em que acusa a família Trump de traição contra os EUA e que o presidente é mentalmente instável

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O autor de um livro que é altamente crítico sobre o primeiro ano de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos disse que suas revelações podem encerrar o tempo do republicano na Casa Branca.

Michael Wolff disse à rádio BBC que sua conclusão em “Fire and Fury: Inside the Trump White House” (“Fogo e Fúria: Dentro da Casa Branca de Trump”, numa tradução livre) de que o presidente não é adequado para fazer o trabalho está se tornando uma visão generalizada.

Wolff, que passou um tempo ao lado de Trump na Casa Branca não só afirmou no livro que o filho de Trump negociou ajuda com os russos para a eleição (um ato de traição), como tem certeza de que o presidente é mentalmente instável. Repete as mesas histórias, não ouve ninguém, acha que sabe de tudo.

Felizmente, o grande líder do mundo livre, que tem um botão maior que o do maluco norte-coreano, soltou (claro, pelo Twitter) uma declaração para acalmar quem o apoia e odeia fake news. Preparados?

“Agora que a história da traição russa, depois de um ano, acabou sendo um boato contra o povo americano, os Democratas e seguidores estão seguindo um modelo de ataque como contra Reagan, acusando uma inteligência e sanidade mental.

Na verdade, em toda minha vida, se tem duas coisas a se valorizar em mim, são minha instabilidade mental e eu ser, tipo, muito inteligente. A Hillary Sacana tentou ser assim é falhou feio durante as eleições.

Já eu sou um empresário de MUITO sucesso, astro da televisão e presidente dos EUA (em minha primeira tentativa). Eu acho que eu não deveria ser qualificado como inteligente, mas sim um gênio… um gênio muito funcional em tudo”.

Ainda bem. Do contrário poderíamos achar que ele era maluco e que quem apoia Trump nos EUA, aqui, na internet ou qualquer canto, tinha o mesmo déficit de inteligência e sanidade.

Deixe o seu comentário