16 de setembro de 2017 • 9:46 am

Política

TSE determina e Alagoas extinguirá 13 Zonas Eleitorais

TRE/AL apresentou ao TSE um estudo na tentativa de não extinguir nenhuma Zona Eleitoral, ,mas o TSE, presidido pelo ministro Gilmar Mendes, manteve sua decisão

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) dê sequência à implementação do planejamento relativo ao rezoneamento, extinguindo 13 das 50 Zonas Eleitorais do interior.

Zonas eleitorais do interior do Estado serão extintas como parte da implementação do planejamento relativo ao rezoneamento.

Na próxima semana, o Regional alagoano publicará uma Resolução com as definições acerca do tema.
Em agosto, o TRE/AL apresentou ao TSE um estudo na tentativa de não extinguir nenhuma Zona Eleitoral. Da mesma forma, o desembargador José Carlos Malta Marques, presidente da Corte Eleitoral alagoana, e membros da bancada federal e da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), se reuniram com o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes.

“Tentamos de todas as formas mostrar ao TSE que a extinção destas Zonas Eleitorais nos traria muito mais prejuízos que benefícios. Porém não obtivemos êxito. Agora nos resta cumprir o que foi determinado, buscando minimizar os danos aos eleitores alagoanos”, lamentou o desembargador José Carlos Malta Marques.

Serão extintas em decorrência do rezoneamento:

4ª Zona Eleitoral – Anadia
23ª Zona Eleitoral – Capela
24ª Zona Eleitoral – Colônia Leopoldina
25ª Zona Eleitoral – Maragogi
30ª Zona Eleitoral – Igreja Nova
32ª Zona Eleitoral – Piranhas
35ª Zona Eleitoral – Junqueiro
36ª Zona Eleitoral – Limoeiro de Anadia
38ª Zona Eleitoral – Piaçabuçu
41ª Zona Eleitoral – Santa Luzia do Norte
42ª Zona Eleitoral – Olho D’Água das Flores
43ª Zona Eleitoral – Maribondo
52ª Zona Eleitoral – Matriz de Camaragibe

Deixe o seu comentário