3 de Fevereiro de 2018 • 1:45 pm

Economia

TV paga cai 5% em 2017, diz Anatel; Claro TV teve queda de 25%

Motivos que levaram à queda do mercado, segundo operadoras e programadoras, são à crise econômica e pirataria

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Dados divulgados pela Anatel sobre o mercado de TV por assinatura no Brasil mostram a maior queda na história do setor. Entre dezembro de 2016 e dezembro de 2017 houve uma perda de 938,7 mil assinantes – cerca de 5% do total. O número de assinantes ficou em 17,85 milhões contra 18,79 milhões do ano anterior.

Este é o número mais baixo no setor desde outubro de 2013. O mercado atingiu o ápice em novembro de 2014, com 19,58 milhões de assinantes. Desde então, vem caindo. Em 2017, registrou-se a maior queda.

A empresa que mais perdeu assinantes no ano foi a Claro, que engloba também a Net, 832 mil clientes. Mas ela segue como líder do mercado, à frente da Sky, que ganhou 109 mil clientes no ano passado.

Crise e pirataria

Os dois motivos que levaram à queda do mercado, segundo relatos de operadoras e programadoras, se resumem basicamente à crise econômica dos últimos anos, que drenou boa parte da capacidade de compra da classe C, onde a TV paga mais havia crescido.

Outro problema é o da pirataria, especialmente no ano passado, com a chegada ao mercado das caixas IP, como HTV e similares, que distribuem ilegalmente conteúdos captados por redes criminosas. A concorrência com serviços OTT, especialmente Netflix, também ajuda na erosão de base de TV paga, mas não existem evidências numéricas de que o mercado OTT tenha substituído os serviços de TV paga na mesma proporção da queda.

Deixe o seu comentário