25 de outubro de 2016 • 11:06 pm

Esportes

Um banho de água fria: Galo, apático, perde por 3 a 0 para o Goiás

Na sétima posição, Galo teve a oportunidade de dormir, temporariamente, no G4; Agora, para não cair na tabela, equipe torce para Ceará, Vila Nova e Criciúma não vencerem seus jogos

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Gerson Magrão, principal articular do time alagoano, deixou a desejar no jogo. (Foto: Globoesporte.com)

Gerson Magrão, principal articular do time alagoano, deixou a desejar no jogo. (Foto: Globoesporte.com)

Vindo de duas vitórias seguidas e podendo dormir provisoriamente no G4, o CRB levou um banho de água fria ao perder para o Goiás por 3 a 0, nesta terça-feira (25), em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com gols dos atacantes Rossi, Marcão e do meia Murilo Henrique a equipe esmeraldina chegou a 13ª posição com 44 pontos, enquanto o Galo Praiano fica, temporariamente, na sétima colocação, com 49 pontos, pelos menos até antes desta rodada encerrar.

Inoperante ofensivamente, a equipe alagoana mostrou, mais uma vez, que quando Gerson Magrão não está bem, o grupo todo perde. O primeiro tempo começou com o Goiás tomando conta do jogo. Tanto é que o primeiro gol saiu aos 10 minutos iniciais. Em cobrança de escanteio, David Duarte cabeceia para defesa de Bruno, que deu rebote e Rossi abriu o placar.

Minutos depois, aos 18, Walter, do time esmeraldino, recebeu passe de Léo Gamalho bateu cruzando fazendo com que a bola  acertasse a trave. A primeira finalização do alvirrubro só aconteceu aos 24 minutos com Zé Carlos. Em cobrança de falta, ele chutou feio e mandou a bola para  arquibancada.

Segundo tempo – Ambas as equipes voltaram do intervalo sem alterações. Mas não demorou muito para Mazola perder a paciência e a esperança de uma volta melhor. Logo aos 8 minutos, ele sacou o apagado Roger Gaúcho para a entrada do jovem Luidy, e aos 15, retirou Gerson Magrão, para apostar em Éder. As mudanças resultaram em mais iniciativa regatiana, mas deixou o time vulnerável no setor defensivo. O resultado foi um gol aos 24 minutos. O meia Murilo recebeu lançamento pela esquerda, invadiu a área e chutou de direita para fazer 2 a 0.

Desmotivado e entregue ao jogo, o CRB ainda levou o terceiro nos minutos finais. Marcão, substituto de Walter, recebeu passe de Sueliton e, cara a cara com o arqueiro alvirrubro, tocou na saída para sacramentar a vitória por 3 a 0.

Agora, para evitar uma queda maior na tabela, o time alagoano precisa torcer para Ceará, Vila Nova e Criciúma não venceram seus jogos. O próximo compromisso do Galo só acontece daqui a 11 dias, no próximo dia 5 de novembro contra o Náutico, no Estádio Rei Pelé, às 17h30.

Ficha técnica:

Goiás
1 – Márcio
2- Sueliton
3- Wesley Matos
4- David Duarte (amarelo)
6- Juninho
5- David (amarelo)
15- Adriano
11- Léo Sena (20 – Murilo Henrique, aos 11′ do 2º Tempo)
7- Rossi
10-Léo Gamalho (27 – Léo Lima, aos 20′ do 2º tempo)
18- Walter (9 – Marcão (amarelo), aos 38′ do 2º Tempo)

Banco: 12- Renan, 13- Anderson Salles, 14- Alex Alves, 16- Felipe Saturnino, 21- Jhonathan, 8- Patrick, 22- Liniker, 20- Murilo, 27- Léo Lima, 17- Carlos Eduardo, 9- Marcão e 19- Cléo. Técnico Gilson Kleina.

CRB
1 – Bruno
2 – Marcos Martins
3 – Adalberto
4 – Gabriel (amarelo)
6 – Diego
5 – Glaydson Almeida
8 – Matheus Galdezani
7 – Pery (19 – Wellington Jr., aos 28′ do 2º Tempo)
10 – Gérson Magrão (16 – Éder, aos 14′ do 2º Tempo)
11- Róger Gaúcho (17 – Luidy, aos 9′ do 2º Tempo)
9 – Zé Carlos (amarelo)

Banco: 12 – Juliano, 13 – Bocão, 14 – Flávio Boaventura, 15 – Somália, 16 – Éder, 17 – Luidy, 18 – Assisinho e 19 – Wellington Junior. Técnico Mazola Jr.

Gols
Goiás: Rossi  (10 do 1º Tempo), Murilo (24′ do 2º Tempo), Marcão (43′ do 2º Tempo).

Arbitragem
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (Aspirante Fifa – DF);
Assistente 1: Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF 1 – DF);
Assistente 2: José Reinaldo Nascimento Junior (CBF 1- DF);
Quarto árbitro: Vanderlei Soares de Macedo (CBF 2 – DF).

Cartão amarelo
Goiás: 5- David, 4 – David Duarte, 9 – Marcão;

CRB: 9 – Zé Carlos, 4 – Gabriel.

Deixe o seu comentário