10 de Maio de 2015 • 7:31 pm

Esportes

Um ídolo esquecido: Moraes não é mais jogador do CRB

Jogador e o irmão, Eduardo, mostram total insatisfação com as escolhas do técnico Barroso; Família deseja permanência do atleta

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Jogador não escondeu sua insatisfação com o técnico Barroso

Jogador não escondeu sua insatisfação com o técnico Barroso

Anunciado no final do ano passado como um dos principais nomes do CRB para a temporada 2015, o meia Morais confirmou neste domingo que acertou sua saída do clube. O jogador revelou que conversou com a direção regatiana, lamentou a lesão que o afastou dos gramados e a perda de espaço com o técnico Alexandre Barroso.

“Eu saí mesmo. Perdi espaço por algumas lesões e o treinador tem as opções dele, então eu achei melhor sair porque estou sentido a perna. Eu achei melhor sair do que ficar lá tendo que tratar de novo, então pedi desligamento. Já conversei com a direção e está tudo acertado. Aconteceu a lesão, veio a troca de treinador e eu perdi espaço com esse treinador, até porque os caras que jogam lá na frente estão rendendo bem (o Clebinho, o Fernando e o Zé Carlos), e devem ajudar muito ainda. Na minha situação, eu achei melhor dar um tempo, até porque eu não consegui jogar o que eu poderia ter jogador por causa das lesões. Então eu achei melhor sair”, disse.

No retorno ao CRB, Morais fez até bons jogos no Nordestão, despertando novamente a atenção da torcida, mas se machucou durante o Alagoano e encerrou a competição no banco de reservas. Agora, sem clube, o meia ressaltou que não recebeu proposta e que seu futuro no futebol segue indefinido.

“Não tenho pensado em nada. Tem umas situações aí que existe interesse de outros clubes, mas não tem interesse nada. No momento eu vou ficar em casa e esperar me recuperar da lesão para voltar a treinar como eu sempre fiz, mas não tem nada. No momento eu estou desempregado. Eu voltei a ser torcedor. Quero voltar a ir ao estádio e ficar na arquibancada. Tinha planos de ajudar dentro de campo e fui feliz com a conquista do Alagoano, mas agora vou torcer porque tenho amigo lá e torcer para que tudo vá bem na Série B”, falou Moraes.

 

Ao acertar com o Galo, o atleta afirmou que o fato de estar voltando para a cidade natal como fundamental para desistir da aposentadoria, anunciada meses antes, após uma passagem pelo América-RN. Aos 30 anos, ele acumula passagens por grandes times do futebol nacional, como Corinthians, Vasco e Atlético-MG.

Deixe o seu comentário