27 de março de 2015 • 9:30 am

Blogs » Pequeno Polegar

Um sonho de justiça, regado a um Pinot Noir

Considerado é um sujeito sem noção e muitas vezes tem dificuldades para entender algumas coisas do cotidiano. Sobretudo dos animais políticos. Outro dia ele ouviu uma história e ficou sem…

Por: Pequeno Polegar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Considerado é um sujeito sem noção e muitas vezes tem dificuldades para entender algumas coisas do cotidiano. Sobretudo dos animais políticos.

Outro dia ele ouviu uma história e ficou sem saber o que dizer. É o seguinte:

Um respeitável magistrado alagoano, bom conhecedor de vinho, acordou sorridente uma manhã dessas depois de um belo sonho.

Sonhou com a duplicidade do auxílio moradia da Justiça brasileira.

E tentaram explicar ao Considerado:  No sonho, nosso causídico fora informado que havia sido autorizado o  pagamento em dobro do famigerado auxílio para quem, não por acaso, estivesse reformando a casa.

Depois de despertar, mas ainda no benefício da dúvida, o magistrado foi em Luiz Jardim e comprou farto material de pintura. E logo mandou avisar a sua trupe de um conhecido botequim da cidade:

– Se o sonho se realizar reuniremos os amigos para uma degustação de Pinot Noir.

Certamente o Considerado estará lá.

Deixe o seu comentário