20 de maio de 2015 • 1:38 pm

Cotidiano

Unidades de Saúde são notificadas devido falta de projeto contra incêndio

Idealizada pelo Ministério Público Estadual, operação faz parte da 3ª Fiscalização Preventiva Integrada do Rio São Francisco

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
IMG-20150518-WA0010

Foram encontrados extintores empoeirados jogados em um galpão. (Foto: Ascom/Crea)

As unidades de saúde Mista e Familiar João Antônio dos Santos, localizadas no município de Pão de Açúcar-AL, foram notificadas pelo Conselho de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL), por não possuírem projetos contra incêndio e pânico. Durante a visita, idealizada pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), na 3ª Fiscalização Preventiva Integrada do Rio São Francisco (FPI do São Francisco), os fiscais do conselho ainda encontraram extintores empoeirados e jogados em um galpão.

Segundo o fiscal do Crea, Cristiano Ricardo, as unidades autuadas terão que contratar um profissional, formando em segurança do trabalho, para construir esse projeto e regulamentar a situação dos prédios. “Ambos os prédios estavam sem o projeto preventivo. Uma situação preocupante, pois caso acontecesse algum incêndio, nenhuma orientação teria para as pessoas. Só o corre-corre mesmo para salvar”, disse o fiscal.

Ainda segundo Cristiano, a fiscalização não se limita a apenas a isso. “Locais que não possuam projeto contra incêndio e pânico; coleta de lixo correta; recarga de extintores; manutenção dos condicionadores de ar e a instalação de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) serão notificadas”, falou.

Com o apoio de 22 órgãos de fiscalização, o MPE/AL repete o projeto executado desde 2014. O objetivo do trabalho é diagnosticar os danos ambientais em municípios dependentes do “Velho Chico” e adotar medidas de prevenção ao meio ambiente.

Deixe o seu comentário