20 de novembro de 2015 • 10:26 pm

Interior

Vaia e constrangimento marcaram visita à serra da barriga neste dia 20

Manifestantes gritaram “Fora Melina Freitas”, quando a secretária ensaiou o discurso na serra.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Homenagens a Zumbi na Serra da Barriga

Homenagens a Zumbi na Serra da Barriga

O que era para ser uma festa de reverência aos líderes da cultura afro, em plena serra da Barriga, virou um instante de constragimento para o governador Renan Calheiros Filho (PMDB), o ministro da Cultura, Juca Ferreira, e, sobretudo, para Secretária Estadual de Cultura, Melina Freitas. Do alto da serra manifestantes vaiaram e gritaram “fora Melina”.

Todos sorriram com a surpresa, mas ela doeu forte na secretária e no próprio governador. Flores e aplausos era o que todos buscavam no momento da solenidade na serra, terra de Zumbi. Mas, vaia também deixou constrangido o ministro da cultura de Dilma, que, por um momento, imaginou que  a manifestação popular era dirigida ao governo federal, como tem sido rotineiro.

Mas logo o ministro percebeu que a vaia tinha endereço certo. Foi quando a secretária Melina começou a falar sobre a serra e zumbi e logo se ouviu o coro popular: “Fora Melina”!

Ministro da cultura e governador ouviram o "fora Melina"!

Ministro da cultura e governador ouviram o “fora Melina”!

Foi tudo que o governdor não queria ouvir. Aliás, autoridade nenhuma. A presidente da Fundação Palmares, Cida Aabreu, tentou disfarçar o constragimento vivido por todos, mas não conseguiu. Apenas abaixou a cabeça e deixou que o eco tomasse conta do ambiente no cume da serra, fortalea de Zumbi e Ganga Zumba.

 

Deixe o seu comentário