20 de julho de 2015 • 11:37 am

Bleine Oliveira » Blogs

Vamos botar pra torar!

Em quatro dias, três policiais, das três corporações (PM, PC e PF) foram mortos. As vítimas foram o sargento PM Dietmarx José da Silva, que morreu no dia 16 (vítima…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Em quatro dias, três policiais, das três corporações (PM, PC e PF) foram mortos.

As vítimas foram o sargento PM Dietmarx José da Silva, que morreu no dia 16 (vítima de tiros que o atingiram um dia antes), o policial federal Ubaldo de Oliveira Melo, assassinado no sábado, e o agente da polícia civil Carlos Alfredo de Oliveira Wanderley, morto ontem (19).

A bandidagem não pode desafiar desse modo as instituições policiais.

Se isso continuar, toda a sociedade estará em risco.

O risco é vermos assaltantes agindo impunemente, à luz do dia, roubando e matando como se não pudessem ser contidos.

Não se admite a morte violenta de ninguém, seja um civil ou um policial.

Mas a polícia não pode recuar quando a bandidagem avança.

Tem que combatê-la do mesmo modo, ou seja, com a força.

E nem me interessa contar corpos, a não ser que sejam de policiais ou de cidadãos que clamam por segurança.

Concluo, transcrevendo o grito de guerra do novo superintendente da Polícia Federal em Alagoas, Bernardo Gonçalves de Torres:

“Vamos simbora, negada, botar pra torar. E depois tomar uma gelada, que ninguém é de ferro”.

Captou?

 

Deixe o seu comentário