8 de junho de 2017 • 8:34 pm

Cotidiano » Economia

Vestuário puxa para cima preços de presentes do Dia dos Namorados

Pesquisa divulgada pela Secretaia de Planejamento mostra que roupas ficaram até quase 43% mais caras

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

(*) Keila Wanderley – Estagiária

O mês de junho é marcado pelo forró, arraiá e comida típica. Mas é também o mês que os casais aproveitam para se presentear no Dia dos Namorados, comemorado na  próxima segunda-feira (12), costuma movimentar o comércio. Nesta quinta-feira (8), a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio divulgou a pesquisa de preços para data comemorativa.

Entre os dias 23 e 29 de maio, o Índice de Preço ao Consumidor (IPC) realizou a coleta de preços dos produtos mais procurados da época. Entre eles, estão os artigos de vestuários, aparelhos eletrônicos, flores, maquiagem, chocolates, perfumes e produtos esportivos.

Os itens de vestuário foram o que apresentaram maior aumento de preço. Algumas peças, como uma camisa social de manga longa, chegou a ter um acréscimo de 42,91%, comparado com a mesma época em 2016. Já os aparelhos celulares apresentaram uma redução de 16,37%.

Há quase cinco anos, Caroline Magalhães não deixa a data passar em branco. Costuma comemorar o dia dos namorados, no dia anterior para evitar o tumulto nos restaurantes, barzinhos e cinema. E gosta de variar no presente.

“Todo ano muda. Já comprei roupas, perfume, ingresso pra jogo da Copa e álbum de fotos. Gosto também de complementar o presente com um bolinho ou cesta de café da manhã. Já o presente dele se limita mais a roupas. Mas, também já recebi buquê de flores e chocolates”, conta.

Caroline diz que costuma se programar para a data, mas a crise e os altos preços da época estão dificultando na escolha. “Pretendo comprar o presente esse fim de semana, mas ainda não decidi qual será o artigo desse ano”.

Deixe o seu comentário