27 de dezembro de 2017 • 8:54 pm

Bleine Oliveira » Blogs

Você tá “morto” ou dará vivas a 2018?

É fim de ano. Mais um ciclo de vida sendo encerrado. Pra muita gente, esse período traz melancolia e a desagradável sensação de vazio pelo que deixou de ser feito!…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

É fim de ano. Mais um ciclo de vida sendo encerrado. Pra muita gente, esse período traz melancolia e a desagradável sensação de vazio pelo que deixou de ser feito!

Quem está na faixa dos 40, 50, 60 anos e mais, é tomado por interrogações do tipo “o que estou fazendo de minha vida”!

A idade pesa, né?

A cada ano sentimos mais o enfado e a canseira que o tempo, esse senhor implacável, joga em nossas costas.

Porém, o fim de ano serve também para lembrar que ainda temos metas a serem alcançadas. Manter o corpo ativo é uma delas.

Nos últimos dias tenho ouvido amigos repetirem o que foi dito no final de 2016:

– Minha meta para 2018 é fazer alguma atividade física.

Tá aí um planejamento que não pode ser retardado, sociedade!

Até porque as redes sociais nos cobram isso implacavelmente. Ser fitness é uma exigência, amore!

(Diz pesquisa no google que fitness significa “estar em boa forma física”).

Ou você corre na praia, joga tênis, futebol, faz jiu-jitsu, balé, capoeira, dança, se dedica à academia, faz crossfit, ou você tá ‘morto’. Ou seja, está fora do sistema.

Sendo assim, ver mais um ano acabar e não ter feito nada disso, realmente entristece.

Mas, queridos leitores e leitoras, sempre é tempo de começar!

Acreditem, o mundo virtual tem lá suas vantagens. Se você se enquadra, você é muitíssimo bem aceito.

Imagine uma senhora de 80 anos pulando de paraquedas! Meu amor, isso ‘bomba’. É like que não acaba mais!

Por isso, nada de tristeza. O reveillon está batendo em nossa porta e o que queremos?

Queremos fazer planos com estratégias para cumpri-los!

É hora de renovarmos as esperanças para o ano novo.

Vivas à 2018!

Deixe o seu comentário