16 de novembro de 2016 • 1:42 pm

Cultura » Personalidades

Ybys Maceioh – 40 anos dedicados à boa música

Nesta quinta-feira (17), ás 19h30, o Projeto Quintas no Arena, abre as cortinas para o show do compositor e interprete alagoano.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Dizem que já nasceu com Valmiro Costa a vontade incontrolável de tocar violão; começou a tomar conhecimento da música ainda criança, observando as serestas e as modas de viola em Porto Calvo.

Adolescente, mudou-se para Maceió, onde o interesse pela música se intensificou. Dedicou-se com afinco aos estudos do violão e passou a se apresentar em rádios locais, bailes e clubes, onde começou a despertar a atenção do público.

Aos 22 anos de idade, alçou vôo para participar do Festival Internacional de Música (atual Festival de Inverno de Campos do Jordão), em São Paulo. Foi na Terra da Garoa que o alagoano adotou finalmente o seu nome artístico, Ibys Maceioh e começou a fazer contato com nomes importantes da MPB, como o concertista Noé Lourenço, Eduardo Gudin, Chico César, e Turíbio Santos, do qual foi aluno.

Por meio desse aprendizado com Turíbio, Ibys foi convidado para lecionar no Centro Livre de Aprendizado Musical (CLAM), escola de renome internacional fundada e dirigida pelo Zimbo Trio; fato que lhe conferiu, nos meios musicais, o conceito de músico de alto gabarito.

Radicado em São Paulo, Ibys Maceioh passou a compor com mais freqüência e fazer shows, até lançar o seu primeiro compacto, com as músicas “Vendaval” e “Otimismo” com arranjos de Luis Chaves contrabaixista do Zimbo Trio. Embarcou na caravana do Projeto Pixinguinha e participou de diversos shows.

De volta à Maceió em 1986, depois da longa estadia em São Paulo, Ibys montou uma escola de música popular, onde passou a transmitir seus conhecimentos sobre a música.

Foi numa das muitas parcerias de sua carreira, com o grande sambista carioca Zé Keti, que ele se deixou contaminar definitivamente pelo universo do samba e pegar o rumo do Rio de Janeiro – a Cidade Maravilhosa – onde fez diversos shows em redutos de samba.

No ano de 2000, Ibys Maceioh lançou o seu primeiro CD – Suave – que trouxe composições variadas, marcadas pela sonoridade nordestina. Mais tarde, em 2002, esse CD recebeu uma releitura, que acabou gerando o segundo CD do artista – Cabelo de Milho, que conta com as participações de Oswaldinho do Acordeon e Fernando Melo, violonista do Duofel.

lbys também participou do CD “Zimbo Trio Convida” coordenado pelo próprio grupo, e da coletânea “Chorano – Choro Alagoano”.

Divulgação

Divulgação

Seu último Cd – Perfil – foi lançado em 2012, mas novo projeto já se desenha. Uma trajetória de 40 anos de carreira, contada a partir do momento em que Ibys, ainda Valmiro Costa, deixou a capital alagoana em busca de seu destino como músico em São Paulo, merece ser comemorada com estilo. Por isso, o cantor está produzindo um CD comemorativo “Ibys Maceioh – 40 anos de música!” com uma seleção de repertório feita por Sergio Turcão, músico, produtor e arranjador.

Nesta quinta-feira (17), o Projeto Quintas no Arena, abre as cortinas para o show do compositor e interprete alagoano. Na apresentação, que começa às 19h30, Ibys mistura ritmos de samba, choro, MPB e muito mais, e interpreta suas belas composições.

Vale conferir.

Informações e contatos:

Tel/ Watsapp: 11 97589.5686 / E-mail: ibysmaceioh@yahoo.com.br / http://ibysmaceioh.blogspot.com.br/

 

Deixe o seu comentário