18 de fevereiro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Agentes penitenciários podem paralisar atividades em Alagoas

Sindicato reivindica projetos do Governo na ALE sobre o serviço remunerado e auxílio alimentação

Uma paralisação geral já é projetada para os próximos dias pelos agentes penitenciários de Alagoas. Petrônio Lima, presidente do do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen), diz que até o final do mês de fevereiro, a suspensão das atividades pode acontecer.

Segundo ele, tudo depende do do final do prazo para o governo enviar os projetos da categoria para a Assembleia Legislativa. Entre as reivindicações, estão o envio do serviço remunerado e o auxílio alimentação, pelo Governo do Estado. Isso fora acordado ainda na última paralisação da categoria, em outubro do ano passado.

No entendimento do Sindapen, a Secretaria de Estado, Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) anda de forma lenta no envio dos projetos e o prazo seria até o final de fevereiro, com o retorno do recesso dos deputados. Mas como tudo indica que não será discutido até o prazo, o sindicato projeta a paralisação até mesmo antes do carnaval.

“A gente está estudando essa possibilidade, de uma paralisação geral do sistema prisional, que seria para daqui a 10 ou 15 dias, no máximo. Petrônio Lima, presidente do Sindapen.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.