4 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade
Economia

Após conversa com Trump, Bolsonaro diz que EUA não taxarão aço brasileiro

Trump antes afirmou no Twitter que taxaria o aço e o alumínio alegando que o país estava desvalorizando sua moeda para obter vantagens

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em transmissão ao vivo no Facebook, que os Estados Unidos decidiram não impor mais taxas sobre o aço e o alumínio do Brasil, após ter conversado por telefone com o presidente Donald Trump.

Confirmando a narrativa, em postagem em sua conta no Twitter, Trump disse ter tido “um ótimo telefonema” com Bolsonaro, mas não mencionou o recuo na decisão de sobretaxar o aço e o alumínio do Brasil.

“Acabei de fazer uma ótima ligação com o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Discutimos muitos assuntos, incluindo Comércio. O relacionamento entre os Estados Unidos e o Brasil nunca foi tão forte”! Donald Trump, presidente dos EUA.

Taxação

No dia 2 de dezembro, Trump afirmou no Twitter que taxaria o aço e o alumínio do Brasil e da Argentina, alegando que os países estavam desvalorizando suas moedas para obter vantagens no comércio exterior. Isso apesar da então proximidade entre Bolsonaro e Trump.

O presidente estava acompanhado do ministro Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e do assessor especial da Presidência Filipe Martins. Segundo Araújo, isso é uma “prova de que a relação do Brasil com os EUA é muito produtiva” e que trará “resultados concretos para a economia brasileira”.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.