12 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

Após voos brasileiros serem vetados nos EUA e Europa, Brasil restringe entrada de estrangeiros por um mês

Restrições, no entanto, não impedem a entrada no país por uma série de motivos, que vão desde trabalho até visitar a família

O governo brasileiro proibiu a entrada de estrangeiros no país por 30 dias. A medida, já publicada na edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira (30), foi assinada pelos ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), André Mendonça (Justiça), Tarcisio Freitas (Infraestrutura) e Eduardo Pazuello (interino da Saúde).

“Fica restringida, pelo prazo de trinta dias, a entrada no País de estrangeiros de qualquer nacionalidade, por rodovias, por outros meios terrestres, por via aérea ou por transporte aquaviário” Trecho da medida.

As restrições, no entanto, não impedem a entrada no país, por via aérea, de estrangeiro com “visto de visita concedido para estada de curta duração, sem intenção de estabelecer residência, ou daqueles para os quais o visto de visita seja dispensado, com finalidade de realizar atividades artísticas, desportivas ou de negócios”.

A regra não vale ainda para estrangeiros que cheguem, por via aérea, “para estabelecer residência por tempo determinado e que possua visto temporário com as seguintes finalidades: “pesquisa, ensino ou extensão acadêmica; estudo; trabalho; realização de investimento; reunião familiar; atividades artísticas ou desportivas com contrato por prazo determinado”.

Ou seja: o Brasil, um dos epicentros mundiais da pandemia do novo coronavírus, tem seus voos proibidos na Europa e nos EUA (a menos que você seja o Weintraub), mas fará o mesmo visitantes do exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.