10 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade

Autor: Fátima Almeida

Jornalista, graduada pela Universidade Federal de Alagoas, foi presidente do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas, membro da Comissão de Ética da entidade e diretora da Federação Nacional dos Jornalista. Vinte e poucos anos de profissão, alguns prêmios, atuação multieditorial em diversos veículos, larga experiência em jornalismo político. Hoje, aprendiz de blogueira.
Aglomerações seguem desafiando o vírus nas feiras, no ônibus, nos bancos…

Aglomerações seguem desafiando o vírus nas feiras, no ônibus, nos bancos…

Blog, Por Elas
Mesmo em tempos de quarentena, em que a ordem universal é ficar em casa para minimizar os riscos de contaminação pelo novo coronavírus, as aglomerações que têm se formado nas feiras livres e em frente às instituições financeiras (bancos e casas lotéricas) têm constituído um desafio diário no controle da Covid-19, com a superexposição de pessoas, inclusive idosas e de saúde debilitada, ao risco de contato com o vírus, no meio de multidões que vão em busca do dinheiro da aposentadoria, do benefício, da Bolsa Família, da cota do Pis e do FGTS, da regularização do CPF para o cadastro do auxílio emergencial. Já falamos sobre isso esta semana, mas nada mudou – nem na capital, nem no interior. Aliás, as imagens que vi hoje, no mercado do peixe, em Palmeira dos Índios, um dia depois que os órgã
Deus nos acuda! Quem sobrevivará à caneta de Bolsonaro?

Deus nos acuda! Quem sobrevivará à caneta de Bolsonaro?

Blog, Por Elas
Não é de hoje que o presidente Jair Bolsonaro e o seu ministro da Saúde destoam; não falam mais a mesma linguagem. O vírus que tem causado devastação por onde passa, e que avança no Brasil, afetou de maneira mortal a relação entre comandante e comandado e a convivência de ambos no mesmo governo tornou-se visivelmente insustentável. Em seu trabalho de combate ao avanço da Covid-19 no Brasil (um bom trabalho, do ponto de vista técnico, diga-se de passagem), o ministro Luiz Henrique Mandetta tem feito manobras mirabolantes para se manter na mesma rota da ordem mundial, sem trombar com o ‘rei’, que de maneira insana, contra toda sinalização, insiste em permanecer na contramão das medidas técnicas adotadas em todo o planeta. Quase que diariamente, as contradições se repetem dentro do gove
Não é só teimosia: Aglomerações exigem estratégias mais eficientes

Não é só teimosia: Aglomerações exigem estratégias mais eficientes

Blog, Por Elas
https://youtu.be/jq2K37hu3T0 Fim de um mês, início de outro, contas a pagar, dinheiro a receber e a panela vazia na casa de milhares de pessoas que há 15 dias não podem sair para trabalhar, diante da ameaça de um inimigo invisível que se alastra deixando um rastro de morte pelo mundo inteiro. Está difícil para todos, mas estou falando, especificamente de uma faixa mais pobre da população; de pessoas idosas, trabalhadores informais que de uma hora para outra ficaram sem renda; de uma legião de famílias que dependem dos programas sociais do governo e das ações de solidariedade que aparecem aqui ou ali. Para estes, não há alternativa senão encarar a fila do banco e da casa lotérica para receber o benefício ou se arriscar na fila da distribuição da cesta-básica promovida por instituiç
Defesa Civil alerta para possibilidade de nova cheia no Rio Ipanema esta noite

Defesa Civil alerta para possibilidade de nova cheia no Rio Ipanema esta noite

Alagoas, Notícias
Um novo comunicado emitido pela Defesa Civil de Alagoas agora, no início da noite desta sexta-feira (03), alerta para a possibilidade de nova enchente no Rio Ipanema, com provável inundação nas cidades de Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema e Batalha. Há risco iminente de rompimento da barragem de Águas Belas (PE), uma das cidades pernambucanas por onde o rio passa, antes de chegar em Alagoas.   O alerta, reforçado em vídeo pelo comandante do 9º Grupamento  do Corpo de Bombeiros, coronel Leopard, recomendando aos moradores próximos às margens do rio a se afastarem do local, e dizendo que as equipes já estão de prontidão para agir a qualquer momento, em caso de ocorrer, de fato, o rompimento. A Sala de Alerta da Secretaria e Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos
Ajuda emergencial é sancionada, mas veto do presidente reduz seu alcance

Ajuda emergencial é sancionada, mas veto do presidente reduz seu alcance

Blog, Por Elas
Aprovado na segunda-feira (30), por unanimidade, no Congresso Nacional, o projeto que estabelece ajuda emergencial entre R$ 600 e R$ 1.200 para trabalhadores informais e microempreendedores individuais durante a crise gerada pelo coronavírus, virou lei. Foi sancionado na noite desta quarta-feira (1° de abril), pelo presidente Jair Bolsonaro, mas com vetos que reduzem seu alcance social e que podem atrasar ainda mais o pagamento. A celeridade vem sendo cobrada por membros do Congresso, de partidos políticos e de outras instituições, inclusive ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal de Contas da União. Apesar da gravidade da situação dos beneficiários e do caráter emergencial da matéria, o projeto ficou dois dias parado, aguardando a sanção presidencial. E o governo chegou a s
Defensoria Pública cobra medidas para atender vítimas da cheia em Santana. E os outros?

Defensoria Pública cobra medidas para atender vítimas da cheia em Santana. E os outros?

Alagoas, Notícias
A Defensoria Pública do Estado (DPE/AL) ingressou com ação civil pública para obrigar o Município de Santana do Ipanema a oferecer acolhimento adequado aos moradores vitimados pelas duas enchentes que acometeram a cidade nos últimos dias. Requer também que sejam incorporadas ao planejamento municipal medidas de proteção e defesa civil que reduzam a possibilidade de novos desastres. A ação foi assinada pelos defensores públicos Carina Soares e João Augusto Sinhorin, e não abrange os demais municípios onde a cheia também fez estragos, como Poço das Trincheiras, Batalha e Belo Monte. https://www.youtube.com/watch?v=4HwS0CF8t2U Como medidas imediatas, a Defensoria requereu que o Município organize e administre abrigos provisórios que ofereçam condições apropriadas de higiene e segurança
Os números invisíveis das vítimas da cheia no sertão alagoano

Os números invisíveis das vítimas da cheia no sertão alagoano

Blog, Por Elas
Mais de 630 pessoas entram na conta da Defesa Civil estadual, que soma o total de desabrigados e desalojados deixados pela enchente que afetou duramente quatro municípios localizados no vale do Rio Ipanema, no sertão alagoano. Esta é a conta oficial; os números que viram estatísticas. Por traz deles existe uma conta invisível de outras centenas de famílias que viram tudo que tinham descer por água abaixo. Alguns não ficaram nem com uma cadeira no canto da sala, mas ficam fora das estatísticas das vítimas da cheia. As imagens da força da água que começou a subir na noite de domingo (29) e atingiu o ápice na manhã da segunda-feira (30), são impressionantes. Casas desmoronando, móveis e eletrodomésticos sendo arrastados, pontes inundadas e o volume alargando, tomado as ruas das cidades e
Solidariedade: Em tempos de isolamento, educadores levam alimentos na casa dos alunos

Solidariedade: Em tempos de isolamento, educadores levam alimentos na casa dos alunos

Alagoas, Notícias
Em meio à crise e ao isolamento provocados pela pandemia do coronavírus, alguém bate à porta trazendo um alento para famílias de estudantes que, em casa, com as aulas suspensas, ficaram desprovidos da alimentação básica, antes garantida pela merenda escolar. Sim, graças à Portaria nº 4341/2020, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), publicada em 25 de março, escolas da rede estadual estão organizando a entrega de kits com produtos da merenda escolar às famílias de alunos carentes, para garantir a alimentação básica nesse período de recesso. A recomendação é que essa ação de solidariedade não forme aglomerações, atenda às orientações das organizações de saúde e seja destinada, de fato, àqueles que  vivem em condições de maior vulnerabilidade. A distribuição fica a critério de c
Vamos votar! O Senado quer a sua opinião sobre taxar grandes fortunas

Vamos votar! O Senado quer a sua opinião sobre taxar grandes fortunas

Blog, Brasil, Por Elas
Você concorda com a taxação de grandes fortunas para reforçar o orçamento destinado à saúde? Então está na hora de manifestar a sua opinião. O Senado Federal abriu consulta pública no portal e-Cidadania, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 183/2019, de autoria do senador Plínio Valério (PSDB-AM), que cria o Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF). Se aprovada, a proposta pode injetar cerca de R$ 80 bilhões nos cofres públicos, um extra considerável para incrementar a luta contra o avanço do coronavírus no país. De acordo com o texto, que se encontra na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), e com parecer favorável do relator, as alíquotas do IGF vão variar entre 0,5% e 1%, incidindo sobre patrimônio líquido superior a R$ 22,8 milhões. Para manifestar sua opinião, o cida