18 de fevereiro de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

Banco de Sangue da Santa Casa de Maceió precisa de doação de tipos A e O-

Apenas 9% da população tem este tipo sanguíneo

Devido à alta demanda por transfusões dos pacientes cirúrgicos e oncológicos, o Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Maceió precisa da doação, com urgência, de sangues tipo A e O  negativo. A unidade fica localizada na Rua Barão de Maceió, 354, no Centro.

Durante o período de férias, o estoque de sangue fica reduzido em razão do baixo número de doações, o que pode comprometer o atendimento a estas demandas.

“Precisamos manter um estoque de sangue seguro para assim garantir a segurança dos pacientes internos e externos (ambulatoriais) que necessitam de hemocomponentes”. Luiza Inácio dos Santos, assistente social.

O paciente A negativo pode receber doação de sangue A negativo e O negativo. Já os pacientes O negativo só recebem sangue de doadores O negativo. Considerando que apenas 9% da população tem este tipo sanguíneo, pode-se imaginar o risco que esses pacientes correm.

Doação

Para homens, o intervalo mínimo para doação é de dois meses. Mulheres só podem doar a cada três meses.

Para não comprometer o atendimento aos pacientes que precisam de hemocomponentes (sangue e plaquetas), o Banco de Sangue alerta à população de que a doação de sangue deve ser feita antes de tomar a vacina contra o sarampo, uma vez que o tempo de inaptidão é de 30 dias, conforme o RDC nº 5, de 28 de setembro de 2017.

Mais informações pelos telefones: 2123-6098 ou 2123-6240.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.