12 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Blindagem às fake news: De fato, há algo muito grave acontecendo com a democracia

Por que será que as investigações sobre a indústria e disseminação de fake news causam tanto incômodo no Palácio Central?

O que leva o presidente da República de um país que vive em regime de democracia, a perder as estribeiras por causa do andamento de investigações sobre a indústria e disseminação de notícias falsas, plantadas em séries, com objetivo de disseminar o ódio numa nação inteira?

Esse comportamento causaria espanto em qualquer pessoa de bom senso que não desconfiasse onde nasce e germina esse plantio. Mas é tanta insensatez que a maioria das pessoas já nem se surpreende mais.

Dois dias atrás, o presidente tentava capitalizar a operação da Polícia Federal, no cumprimento de mandados em casas de seus adversários políticos, ufanando: “Vai ter mais”! E teve. Mas desta vez nas casas de seus aliados, como parte da investigação que apura a prática e o financiamento da poderosa indústria de crimes cibernéticos na modalidade ‘fake news’.

Aí o homem perdeu a compostura, esbravejou, ameaçou, e decretou: “Acabou!” Como assim, acabou? A PF não vai mais realizar operações de busca e apreensão em investigações federais? Não vai mais haver investigação? O presidente vai baixar o centralismo e decidir o que pode e o que não pode ser investigado? Bem que ele gostaria, né? Tem demonstrado isso, tanto quanto a vontade que tem de usar organismos de segurança nacional para proteger seus… ‘amigos’. Foi isso que ele disse, né?

Afinal, qual é o problema do presidente e da sua família com as investigações sobre a indústria das fake news? Algo a temer? Bom que fiquem claros os motivos dessa revolta, pra que ninguém entenda o comportamento como confissão de culpa.

E não me fale em liberdade de expressão, se você apoia quem desrespeita, agride e quer calar a imprensa. Não me fale em liberdade de expressão, se você nem sabe para que ela existe e quanto custou conquistá-la. Liberdade de expressão não é para justificar e imunizar crimes cibernéticos. Pelo contrário, uma das suas razões de existência é exatamente para denunciar práticas criminosas, onde quer que elas estejam, para que sejam investigadas e punidas.

Mas ao invés de apoiar a investigação sobre a disseminação de falsas notícias, o governo quer impedi-la. Já tentou barrar o inquérito das fake news e ingressou com pedido de habeas corpus em favor dos investigados.

E diante disso, faço uso das mesmas palavras usadas pelo presidente (por caminhos avessos, é claro) para reafirmar. Há, de fato, algo muito grave acontecendo com a nossa democracia.

 

One Comment

  • Avatar Flavio Lima Silva

    Por que esse governo vive da mentira, por que tem um gestor incompetente e autoritário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.