2 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade

Marcelo Firmino

Marcelo Firmino é jornalista e publicitário com passagens em vários veículos de comunicação de Alagoas e do País. Foi presidente do Sindicato dos Jornalistas no Estado e Secretário de Comunicação da Prefeitura de Maceió. Nesse espaço reportará e analisará os fatos que influenciam na vida sociedade.

No samba do crioulo doido, Bolsonaro pode até virar Maria Fumaça

No samba do crioulo doido, Bolsonaro pode até virar Maria Fumaça

Blog, Marcelo Firmino
Quando Stanislaw Ponte Preta criou, em 1968, o Samba do Crioulo Doido – paródia musical sobre a confusão política no Brasil imperial – não imaginava jamais que o seu texto fosse transcender épocas e se manter tão atual. A confusão era tamanha na letra do samba que a escrava Chica da Silva queria obrigar a princesa Leopoldina a se casar com Tiradentes. Em síntese: “o bode que deu vou te contar”. Tal como no Brasil de hoje, na pandemia do coronavírus e nas trapalhadas horrendas provocadas pelo gabinete palaciano no Planalto Central, a partir do próprio presidente Jair Messias Bolsonaro. As confusões instituídas em torno do combate ao vírus deixaram-no só. Mais isolado do que ancião em UTI para tratamento do vírus. As diatribes praticadas pelo mandatário de plantão por não concor
Vírus: Crescente infecção de profissionais de saúde no País preocupa

Vírus: Crescente infecção de profissionais de saúde no País preocupa

Blog, Brasil, Marcelo Firmino
Um drama que vai se alastrando pelo País e preocupando, em demasia, a todo o sistema de proteção contra o coronavírus, é exatamente o crescente número de contaminação dos profissionais de saúde que estão em combate à doença. O despertar do Ministério da Saúde para a situação veio após a contaminação pelo Covid-19 do médico Davidd Uip, Coordenador do Centro de Contigência contra o Coronavírus no  Estado de São Paulo. Uip, de 67 anos, é infectologista do Hospital Sírio Libanês. Ele está em isolamento domiciliar. Só que casos como o dele começam a se espalhar pelo País. Só em Volta Redonda, no estado carioca, 10 dos 28 registros confirmados na cidade são de médicos do Hospital da Unimed. A preocupação das autoridades de saúde é no sentido de que o Brasil não sofra a mesma trag
Cidadania faz representação contra Bolsonaro: ‘é hora de parar esse louco’.

Cidadania faz representação contra Bolsonaro: ‘é hora de parar esse louco’.

Blog, Marcelo Firmino
O Cidadania 23, ex-PPS, protocolou nesta segunda-feira, 30 uma representação na Procuradoria Geral da República (PGR), contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. -É preciso parar esse louco que a ameaça a civilização brasileira. A manifestação é do presidente do partido em Alagoas e dirigente nacional da legenda, Régis Cavalcante. Segundo ele, a representação criminal entre ao PGR, Augusto Aras, foi por infração de medidas sanitárias. Segundo Cavalcante o partido historiou no documento relatos de como o presidente colocou em risco demasiado à saúde pública por várias vezes. O documento fala da convocação que Bolsonaro fez a população para ir às ruas contra o isolamento social até o passeio que deu neste domingo, 29, pelas cidades satélites do Distrito Federal, abraça
Espertalhões: Deixem morrer 7 mil pessoas mas não parem a economia

Espertalhões: Deixem morrer 7 mil pessoas mas não parem a economia

Blog, Marcelo Firmino
Deixem morrer 6 ou 7 mil pessoas, mas façam a economia andar. Essa é a lógica de uns espertalhões do mercado financeiro que colocam os seus lucros acima da vida humana. O caso do senhor Júnior Durski, dono dos restaurantes Madeiro e Jeronimo Burguer não é um fato isolado. A vida humana para essa gente não tem valor algum. Vale mais o poder do dinheiro que adquiriram e querem muito mais. Infelizmente, esse raciocínio também é do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Seu discurso em cadeia nacional de TV, nesta terça-feira, 24, não se deu à toa. A direção é a mesma e de forma combinada. A vida humana estará sempre à reboque da voracidade do capital econômico, principalmente em terras como a nossa, onde uma maioria insensata faz do fanatismo político a sua razão de ser. Agora
Mercado dá meia volta, retira bilhões da bolsa e deixa a tragédia com o SUS

Mercado dá meia volta, retira bilhões da bolsa e deixa a tragédia com o SUS

Blog, Economia, Marcelo Firmino
Uma das máximas do neoliberalismo é propagandear que o mercado se dando bem, tudo o mais vai ser assim também. Imagine que o governo Bolsonaro, logo que assumiu, tratou bloquear recursos da educação e da saúde para destinar o dinheiro ao mercado, graças a orientação do ministro Paulo Guedes, um homem a serviço dos investidores. Veja que na Saúde, só do programa imunização, - fundamental nos dias de hoje - o governo cortou R$  500 milhões no fim de 2019. Era o início do fundamentalismo anti-vacina. O argumento do Ministério da Economia era exatamente poupar dinheiro para injetar no mercado financeiro, via bancos e fundos de pensão. Notadamente, seguindo a cartilha do estado mínimo, que preconiza o fim do setor público com a cantilena de que tudo que é privado é mais importante
Ib Breda, Tácio Melo e Rafael Tenório: os mais cotados para vice de Alfredo

Ib Breda, Tácio Melo e Rafael Tenório: os mais cotados para vice de Alfredo

Blog, Marcelo Firmino
As articulações palacianas trabalham intensamente para indicar um nome novo na política e com densidade eleitoral suficiente para ser o vice do pré-candidato a prefeito de Maceió, Alfredo Gaspar. Três nomes estão colocados à mesa para discussão do próprio Gaspar e dos mentores de sua candidatura: Renan Filho (MDB) e Rui Palmeira (sem partido). São eles: o vereador Ib Breda (PR), o secretário de Rui, Tácio Melo (Podemos), e o empresário Rafael Tenório. Não é por outra razão que Breda está de malas prontas para sair do PR e filiar-se ao MDB. Ele recebeu o convite do próprio governador Renan Filho, que o vê como um dos bons quadros do atual mundo político alagoano. Tácio Melo trabalha com a mesma expectativa e com aval de Rui Palmeira. Isso por ter sido ele um dos responsáveis
Governador recomenda suspensão de passeios para passageiros de navios

Governador recomenda suspensão de passeios para passageiros de navios

Alagoas, Blog, Marcelo Firmino
Em meio à pandemia do coronavírus, o Estado de Alagoas tem apenas um caso confirmado de um alagoano de 42 anos que esteve na Itália. Ele está de quarentena como recomenda o protocolo da Organização Mundial de Saúde, mas ainda assim o governo alagoano decidiu recomendar as empresas do trade turístico que suspendam passeios em Maceió para passageiros de navios que atracarem no porto de Jaraguá. A recomendação foi tratada em nome do governador Renan Filho pelo Secretário de Turismo, Rafael Brito, segundo informou o próprio governador em coletiva à imprensa, nesta sexta-feira, 13. Na entrevista, ao lado do Secretário de Saúde, Alexandre Ayres, o governador disse que está disponibilizando R$ 20 milhões para Secretaria de Saúde utilizar no enfrentamento dessa pandemia. Questiona
Bolsonaristas querem um candidato a prefeito para chamar de ‘seu’

Bolsonaristas querem um candidato a prefeito para chamar de ‘seu’

Blog, Maceió, Marcelo Firmino
Os bolsonaristas maceioenses querem um candidato forte para chamar de "seu" na disputa pela Prefeitura de Maceió este ano. O sonho de consumo era o nome do ex-procurador de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça. Considerando uma grande parte do eleitorado conservador - e hoje extremado  - da capital alagoana, Gaspar, com o apoio dos Bolsonaristas, poderia até ganhar as eleições em primeiro turno. Essa aliança, no entanto, sofreu abalos. Mas, ainda assim, Alfredo Gaspar segue forte na disputa com o apoio dobrado do governador do Estado, Renan Filho (MDB) e do prefeito de Maceió (PSDB), Rui Palmeira. Já os bolsonaristas mantém o sonho com um outro nome que lhes possibilite chegar ao poder municipal. Nenhum martelo foi batido. Hoje, entretanto, quem mais se aproxima dessa ala po
Em tempos de coronavírus, todo cuidado é pouco para evitar a doença

Em tempos de coronavírus, todo cuidado é pouco para evitar a doença

Alagoas, Blog, Marcelo Firmino
Em tempos de coronavírus, um navio dom 3.500 passageiros - entre eles, muitos estrangeiros - atracando no Porto de Maceió requer toda atenção das autoridades da área de saúde da capital e do Estado. Obviamente que não é necessário alarde, mas prevenção. O que se tem visto no mundo afora, e a Itália que o diga, é que o vírus tem feito estragos consideráveis e, portanto, qualquer descuido pode ser um problema de saúde pública. E nesse aspecto há quer ser louvada a iniciativa do vereador Lobão (PR) de pedir ao Ministério Público Estadual a proibição de entrada no porto de cá de um navio oriundo da Itália, que chegaria esta semana. Por mais que tudo isso possa estressar homens e mulheres do trade turístico, mas é fundamental um monitoramento responsável de todos que nos visitam
O fracasso do estado mínimo e a imprensa como bode expiatório do desgoverno

O fracasso do estado mínimo e a imprensa como bode expiatório do desgoverno

Blog, Marcelo Firmino, Política
E a nova era da prosperidade prometida pelo fundamentalismo político dos que comandam o País ainda não pintou por aqui. Aquela velha ladainha de  que  o “estado mínimo” seria a redenção do País e de sua economia não passou de uma grande ilusão, que custou caro à qualidade de vida de milhões de brasileiros desempregados, sem renda e à margem da inclusão social. Em nome do canto de sereia do mercado financeiro, o Congresso Nacional destruiu direitos trabalhistas com o argumento de que iria gerar mais empregos no País. Realizou uma reforma da previdência que fulminou o sonho da aposentadoria dos trabalhadores sem privilégios – do setor público e privado – menos dos militares e de castas poderosas palacianas. Isso tudo em nome da economia... Isto é, entregaram tudo ao setor pri