5 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade

Marcelo Firmino

Marcelo Firmino é jornalista e publicitário com passagens em vários veículos de comunicação de Alagoas e do País. Foi presidente do Sindicato dos Jornalistas no Estado e Secretário de Comunicação da Prefeitura de Maceió. Nesse espaço reportará e analisará os fatos que influenciam na vida sociedade.

Governo faz do Bolsa Família a mina de ouro para o futuro eleitoral

Governo faz do Bolsa Família a mina de ouro para o futuro eleitoral

Blog, Marcelo Firmino
Houve um tempo muito recente que parte da sociedade brasileira escrachava o programa Bolsa Família. Acusava "a esmola em troca de votos". E quem recebia, nos grotões do Brasil, era tratado como lixo. Curioso que agora essas vozes silenciaram, certamente pela mesma conveniência com que falavam contra. Os discursos de  muitos é que deveriam acabar o programa e "ensinar o povo a pescar, não dar o peixe", na surrada narrativa elitista. Ora vejam, tudo isso ficou para trás. Tanto que o governo Bolsonaro agora vai aumentar o valor pago aos bolsistas. Para disfarçar, mudará o nome de Bolsa Família para Renda Brasil, segundo disse o Ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento virtual da Associação Brasileira de Indústria de Base (Abdib). O novo Bolsa Família ou Renda Brasil in
Aberta, a orla de Maceió amanhece bela, tranquila e acolhedora

Aberta, a orla de Maceió amanhece bela, tranquila e acolhedora

Blog, Marcelo Firmino
Aos primeiros raios da manhã, à orla de Maceió se apresentava livre para o vai e vem dos caminhantes, bombados, atletas e ciclistas. Nesse primeiro dia de reabertura de pistas e calçadas à beira mar, até que a presença dos amantes das atividades esportivas não foi marcante. Ou é consequência do "novo normal" ou muita gente, mesmo, está receosa de se expor, enquanto a pandemia ainda é uma realidade entre os maceioenses. Em todo o caso, o cenário à beira mar se mantém belo, sereno, colorido e aberto a todos, como se nada de anormal estivesse no ar. Então, quem puder,  aproveite essa beleza acolhedora do paraíso tropical, mas para acalmar a mente e energizar o corpo e alma. Obviamente, sem esquecer os  devidos cuidados necessários e o devido respeito à natureza e à vida em
Em nota, Rodrigo Cunha diz que faltou debate sobre liberdade de expressão no projeto das fake news

Em nota, Rodrigo Cunha diz que faltou debate sobre liberdade de expressão no projeto das fake news

Blog, Marcelo Firmino
Do senador Rodrigo Cunha (PSDB), o blog recebeu uma nota de esclarecimento sobre o voto dele no projeto das fake news. Cunha diz que partilha da "preocupação do relator e do autor do projeto de evitar os perfis falsos, a disseminação de conteúdos inverídicos por robôs e a máquina de destruir reputações que tem se formado em alguns ambientes virtuais". Mas destacou que a falta de tempo para o debate de uma matéria complexa, que envolve a liberdade de expressão, requer equilíbrio. Daí, destacou, estar tranquilo em relação ao voto contrário ao projeto. Eis a íntegra da nota do senador Rodrigo Cunha: -Todo o mundo político é alvo de fake news e, como tal, eu também sei da importância de se combatê-las. No entanto, o texto que foi aprovado ontem tinha vícios importantes e atentava c
Collor e Rodrigo Cunha votam favoráveis a notícias falsas; Renan se abstém

Collor e Rodrigo Cunha votam favoráveis a notícias falsas; Renan se abstém

Alagoas, Blog, Marcelo Firmino
Está virando uma rotina no Senado Federal os votos da bancada alagoana. Na votação do projeto das fake news, assim como foi na votação da privatização da água e do saneamento básico, Fernando Collor (Pros) e Rodrigo Cunha (PSDB) votaram iguais. Renan Calheiros se absteve. O projeto que pune a divulgação de notícias falsas foi aprovado com os votos contrários de Collor e Cunha. Um indício de que os dois caminham afinados politicamente. Se os dois decidiram se aliar para fazer uma dobradinha em votações nada mais natural. Podem ter se afinado ideologicamente ou por outros interesses desconhecidos. Mas votar pela manutenção de divulgação de notícias falsas, sobretudo para quem tem o maior conglomerado de empresas de comunicação em Alagoas é, no mínimo, estranho. Collor deve
Bebedouro em Maceió: o alerta nas casas de vidas, sonhos e famílias destruídas

Bebedouro em Maceió: o alerta nas casas de vidas, sonhos e famílias destruídas

Blog, Marcelo Firmino
Quem por necessidade vai ao bairro lagunar de Bebedouro nos dias de hoje se surpreende com a baixa estima e a revolta da população devidamente estampada nas fachadas de suas casas, após o desastre ambiental do século provocado pela Braskem. Hoje,  para se deslocar a Bebedouro, inevitavelmente, é necessário passar por algumas trechos do bairro do Pinheiro,  na parte alta de Maceió, onde o cenário de ruas esburacadas e interditadas é igual a imagem de desolação bebedourense. O acesso principal ao bairro está interditado, graças aos estragos feitos pela mineração do salgema da poderosa Braskem. Os casarios fechados do velho e tradicional bairro, às margens da lagoa Mundaú,  dão à toda região um aspecto de tristeza sem fim. Até por que seus moradores sabem que nada mais será como
Militares intervêm no estilo de ser de Bolsonaro para salvar o mandato

Militares intervêm no estilo de ser de Bolsonaro para salvar o mandato

Blog, Brasil, Marcelo Firmino
Com o caso Queiroz no calcanhar da família e vendo o mandato correr perigo em consequência das próprias trapalhadas, Jair Bolsonaro baixou o tom contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional. Os militares do governo perceberam que não havia para onde ir com o permanente estágio de beligerância do presidente da República. Daí montaram uma operação comportamental para evitar os conflitos e tocar o barco de forma menos explosiva. Ou quem sabe, de maneira bem mais moderada. O eternamente ávido Centrão é parte disso. Com ele unido é possível evitar desconfortos em votações importantes no Legislativo, muito embora o preço a ser pago é bem característico da antes execrada "velha política". Os encontros da última semana de Bolsonaro com o Presidente do STF, ministr
Presidente do banco Santander quer que bancários dividam salários com a empresa

Presidente do banco Santander quer que bancários dividam salários com a empresa

Blog, Marcelo Firmino
Enfim, o banqueiro mostra a cara e diz quem verdadeiramente é em plena pandemia do coronavírus com mais de 55 mil mortes no País. Pois é. O senhor presidente do banco Santander no Brasil, Sergio Rial, disse em entrevista que os funcionários do banco deveriam dividir os salário que recebem com a empresa. Rial é amigo irmão de sua excelência o ministro da Economia, Paulo Guedes. O senhor Rial falou isso durante uma conversa com o Executivo da empresa de investimentos Empiricus, Felipe Miranda. A conversa girou em torno dos funcionários que optaram por trabalhar em "home office". Segundo o senhor Rial, eles poderão escolher em abdicar de uma parte do salário ou benefícios para “dividir” com a empresa. Disse o senhor presidente do banco que nessa história de "trabalho remoto
O judiciário ‘no faz de conta’ é tão deprimente quanto o legislativo

O judiciário ‘no faz de conta’ é tão deprimente quanto o legislativo

Blog, Marcelo Firmino
Ao magistrado, em honra à toga que veste, caberia salvaguardar a literalidade da lei. Mas nem sempre é assim. E por que não? Eis uma questão que a sociedade, com menor ou maior grau de instrução, até desconfia das razões, mas não convém explicitar por que, enfim, o peso do poder e do poderoso pode ser demasiadamente dolorido. E a sociedade bem o sabe a partir da constatação daquela máxima que diz: A lei é para todos. Mas, nessa, com raríssimas exceções, todos podem gritar em uníssono: Não é não! Na dúvida, basta ver o perfil dos encarcerados brasileiros para se perceber que homens ricos, brancos, poderosos, endinheirados e, sabidamente, criminosos são a minoria entre os presos. E por lá ficam pouco tempo. Esses, com avantajadas contas bancárias usam da influência e um certo
De verde e amarelo patriotas de araque dão calote de R$ 650 milhões na Receita

De verde e amarelo patriotas de araque dão calote de R$ 650 milhões na Receita

Blog, Marcelo Firmino
  Os ditos "patriotas" vestidos de verde e amarelo no Brasil têm uma causa em comum. Não pagar impostos ao governo. Pelo menos é o que deixa claro a Receita Federal quando aciona a justiça para cobrar nada menos do que R$ 650 milhões de impostos aos "patriotas", muitos deles acusados de financiar ações antidemocráticas no País e patrocinar fake news. O grupo de empresários é apoiador do presidente Jair Bolsonaro e têm como líder o senhor Luciano Hang, proprietário da Havan. Eles tentam convencer o próprio presidente a anistiar o débito que têm com a Receita Federal. Luciano Hang deve na Receita já este ano nada menos que R$ 57,9 milhões.  Além de R$ 13,2 milhões em cobrança pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e mais R$ 123 milhões parcelados pelo últi
Eleições: Relator acaba com sonho da prorrogação de mandato

Eleições: Relator acaba com sonho da prorrogação de mandato

Blog, Marcelo Firmino
Apesar de todos os esforços dos atuais prefeitos e vereadores para o adiamento das eleições municipais e a prorrogação de mandatos para 2022, o Congresso Nacional não parece muito disposto a atender a essa demanda. O relatório da PEC que altera o calendário eleitoral, apresentado no Senado Federal, deixa claro que esse sonho de consumo de muita gente não deve prosperar. O senador Weverton Costa (PDT-MA), relator da proposta de emenda à Constituição (PEC 18/2020), propôs ontem que o primeiro turno das eleições municipais seja realizado em 15 de novembro e o segundo, em 29 de novembro. No calendário normal as eleições seriam realizadas em 3 de outubro, primeiro turno, e 30 de outubro, segundo turno. A PEC que adia o calendário deve ser votada nesta terça-feira. O relator tamb