4 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade
Economia

Bolsonaro anuncia R$ 8 bilhões para o Nordeste e suspende da dívida dos Estados

Foi prometido ainda um aporte de R$ 40 bilhões aos nove Estados

Após uma reunião via teleconferência com os nove governadores do Nordeste, na tarde desta segunda (23), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo federal montou um plano no valor total R$ 85,8 bilhões para fortalecer estados e municípios da região diante da pandemia de coronavírus.

Uma das principais medidas é a suspensão da dívida pública dos estados com a União.

O presidente anunciou que R$ 8 bilhões serão destinados para a saúde em um período de quatro meses. Segundo Bolsonaro, este é o dobro do que fora pedido pelos nove governadores.

Antes, o governador de Alagoas, Renan Filho, que estava com os demais chefes do Executivo estadual da região Nordeste, conversou, também por videoconferência, com o comandante do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BIMtz), Cláudio Gadelha.

Também por meio de videoconferência, Renan Filho conversou antes com o comandante Gadelha. Foto: Márcio Ferreira

Demais medidas

Um orçamento assistencial social de R$ 2 bilhões também faz parte do pacote, junto com a suspensão das dívidas dos estados com a União, que totaliza R$ 12,6 bilhões. É também prevista a renegociação com bancos no valor de R$ 9,6 bilhões o valor de dívidas de estados e municípios com bancos.

Em uma reunião profícua, foi prometido também recomposição dos fundos de participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM) num valor de R$ 16 bilhões, por meio de seguro para queda de arrecadação.

Foi prometido ainda que ele assinará duas medidas provisórias para transferir recursos para fundos de saúde estaduais e municipais e o anúncio de um aporte de R$ 40 bilhões aos nove estados.

Logo mais, ele se reunirá com os governadores dos Estados da Região Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.