28 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Mundo

Coronavírus: Paraguai não tem mais pacientes na UTI, mas segue com fronteiras fechadas

tem tem 239 infectados e 9 mortos pela covid-19. País terá retorno gradual às atividades de trabalho e lazer em 4 de maio

O Paraguai já não tem pacientes com a covid-19 em unidades de terapia intensiva, anunciou o presidente Mario Abdo Benítez nesta quarta-feira (29), em entrevista coletiva. No total, o Paraguai tem 239 infectados e 9 mortos pela covid-19.

Abdo disse que a redução dos casos é consequência direta da drástica decisão adotada no dia 10 de março de decretar uma quarentena obrigatória e paralisar as atividades não essenciais, três dias após o registro do primeiro caso no país, “antes mesmo das medidas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde”.

A partir de 4 de maio o Paraguai adotará a chamada “quarentena inteligente”, um retorno gradual às atividades de trabalho e lazer com medidas de distanciamento social e higiene.

Mas o governo decidiu manter o fechamento das fronteiras e implementar o ensino a distância até o mês de dezembro. A quarentena obrigatória, que será mantida até o próximo domingo, só permite sair de casa para ir a mercados, farmácias e bancos.

Bolsonaro

Após empossar Nelson Teich, no meio de abril, o presidente Jair Bolsonaro disse que ia conversar com o então Ministro Sérgio Moro para abrir as fronteiras do Brasil.

“Por quê fechar as fronteiras?  Por quê fechar a fronteira com o Paraguai, meu Deus do céu”. Jair Bolsonaro, presidente.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.