12 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Esportes

CSA, que tristeza, perdeu de 3 a 0 para o Fortaleza

Azulão se complica ainda mais na sua luta para fugir do rebaixamento

Técnico azulino, Argel Fucks, lamentou a derrota

O CSA sucumbiu diante da superioridade do Fortaleza  na Arena Castelão e perdeu por 3 a 0, na noite deste domingo, 17. Uma tristeza para os torcedores azulinos.

Com a derrota, o CSA se complicou ainda mais na luta contra a Série B. O time estacionou nos 29 pontos, na 18ª colocação do Brasileiro, seis a menos que o Fluminenses, primeira equipe fora da degola.

Já o Fortaleza deu um grande passo para seguir na elite do futebol brasileiro alcançando a marca dos 42 pontos em 33 jogos disputados no Brasileirão 2019.

O jogo – Pressionando os visitantes, o Leão chegou ao primeiro gol aos 33 minutos. Juninho teve falta da intermediária e encheu o pé, a bola foi subindo aos poucos e morreu no ângulo direito do gol do CSA. Golaço do volante.

Na segunda etapa, o time da casa aproveitou a vantagem para explorar os espaços e confirmar a vitória. Logo aos três minutos, Romarinho escapou pela ponta direita e rolou para Wellington Paulista dentro da área, o camisa 9 só ajeitou para Tinga que chegou batendo para anotar o segundo.

O terceiro gol saiu cinco minutos depois, aos oito. Em cobrança de falta de Juninho, o zagueiro Paulão, livre no meio da área, se jogou na bola e desviou com o pé direito para completar para as redes. 3 a 0 e triunfo tricolor.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 3X0 CSA

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 17 de novembro de 2019, domingo 
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Jose Eduardo Calza (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões Amarelos: Warley (CSA)
Gols: Juninho, aos 33 minutos do 1º tempo, Tinga, aos três minutos do 2º tempo, e Paulão, aos oito minutos do 2º tempo, para o Fortaleza

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Juninho, Felipe (Derley) e André Luís (Kieza); Romarinho, Edinho e Wellington Paulista (Matheus Alessandro)
Técnico: Rogério Ceni

CSA: João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; João Vitor, Dawhan, Euller e Warley (Bruno Alves); Apodi (Rafinha) e Ricardo Bueno.
Técnico: Argel Fucks

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.