9 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade
Expresso

Decotelli entrega carta de demissão para Bolsonaro

Nomeado ministro da Educação na última quinta-feira (25), Carlos Decotelli entregou sua carta de demissão do cargo na tarde desta terça-feira (30). Ele pediu sua saída do governo após a sua formação acadêmica ter sido alvo de vários questionamentos.

O golpe final contra seu currículo foi a nota da Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgada na noite de segunda-feira (29), informando que Decotelli não foi pesquisador ou professor da instituição.

O presidente Jair Bolsonaro ficou irritado ao saber de mais uma “incoerência” no currículo do indicado, que já teve doutorado e pós-doutorado questionados por universidades estrangeiras e é acusado de plágio no mestrado.

Decotelli resistia e Bolsonaro parecia não querer tomar a decisão final. A saída, no entanto, foi declarada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.