11 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Depois da UPA, Renan Filho anuncia Hospital da Criança para o jacintinho

Governo foca ações na saúde pública e anuncia novos investimentos

UPA do Jacintinho vai atender mais de 10 mil pacientes por mês

A inauguração da  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Ismar Gatto, no bairro do Jacintinho, em Maceió, nesta sexta-feira, 1º, após o governo do Estado ter entregue em outubro a população o Hospital da Mulher, surgiu como mais um marco na gestão da saúde pública estadual.

“Quando assumi o governo, Maceió era a única capital no Brasil que não tinha uma UPA sequer em funcionamento; essa é a terceira que entregamos e vamos abrir a quarta ainda este ano no Tabuleiro do Martins”, disse o governador Renan Filho no ato da inauguração.

O detalhe é que o Estado tem investido na saúde pública todas as suas fichas para mudar a realidade do atendimento na rede hospitalar, considerando a falta de investimentos do governo federal no setor. O governador citou para o futuro a construção do Hospital da Criança no próprio Jacintinho.

De acordo com o próprio governador, grande parte dessas realizações têm sido feita com os recursos dos cofres estaduais. Em meio a solenidade muito prestigiada pela população do Jacintinho, Renan Filho anunciou futuros investimentos no setor.

 

Mais investimentos na saúde – Segundo ele, a quinta UPA será construída em Chã da Jaqueira e entregue à população até o final do primeiro semestre de 2020, quando também será inaugurado o Hospital Metropolitano, maior investimento em saúde pública da história de Alagoas, na parte alta da cidade.

“Todos os maceioenses terão o serviço de urgência mais próximo das suas casas, porque essas cinco UPAS vão cobrir toda a cidade. Com o Metropolitano funcionando, vamos recuperar totalmente o Hospital Geral do Estado (HGE), que passará por uma ampla transformação”, revelou Renan Filho, que em setembro inaugurou o Hospital da Mulher, localizado no bairro do Poço.

No interior do estado, estão em obras os hospitais regionais do Norte, em Porto Calvo; da Mata, em União dos Palmares, e do Alto Sertão, em Delmiro Gouveia.“A saúde pública de Alagoas se reestrutura para atender melhor o cidadão e nós vamos seguir garantindo esses investimentos”, sustentou Renan Filho.

A UPA do Jacintinho foi a primeira Unidade de Pronto Atendimento da capital entregue e construída com recursos próprios do Governo do Estado, da ordem de R$ 5 milhões. Terá capacidade de atender 10.500 usuários por mês, sendo 350 por dia. O equipamento é do tipo III e vai funcionar 24 horas, assegurando atendimento intermediário entre a Atenção Básica e Média e Alta Complexidade.

 

São 19 leitos, sendo 15 de observação e quatro de urgência, além de dispor das especialidades de pediatria, clínica geral, ortopedia e odontologia, divididas em seis consultórios médicos.

Renan Filho anuncia novos investimentos com recursos próprios

“Com essa reorganização da rede de urgência, vamos desafogar o HGE, que hoje faz emergência, urgência e cirurgias eletivas”, observou o secretário Alexandre Ayres.

Hospital da Criança

Durante o evento, Renan Filho anunciou que, ao lado da UPA do Jacintinho, o Governo do Estado vai construir o Hospital da Criança. “Nesse terreno ao lado, vamos organizar um mutirão, recolher o lixo, espalhar a terra e levantar poeira, porque aqui vai ser construído o Hospital da Criança de Maceió, outra obra fundamental para estruturar a saúde da família alagoana, como um todo”, garantiu o governador.

A UPA do Jacintinho leva o nome do médico Ismar Gatto, diplomado pela Faculdade de Medicina de Alagoas e especializado em análises clínicas. O patologista faleceu em julho de 2018. “É um grande nome para uma grande obra muito importante para Maceió e para Alagoas”, ressaltou Renan Filho.

 

Familiares do homenageado participaram da solenidade. “Muito nos honra ter o nome do médico Ismar Gatto nessa UPA, que servirá à população do Jacintinho e do Litoral Norte, onde hoje se concentra boa parte dos moradores de Maceió. Sabemos que ele, enquanto médico, estaria muito feliz ao ver esse avanço no atendimento à população, especialmente a de baixa renda”, confessou o empresário Kiko Gatto, filho do homenageado.

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.