21 de fevereiro de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Após receber ex-presidente Lula, Papa é atacado e acusado de comunista

Pelas redes sociais, um festival de agressões ao Papa pelos “santos” fiéis das igrejas.

Papa Francisco e o ex-presidente Lula no Vaticano

Nas redes sociais, os fanáticos e lunáticos de ocasião passaram a atacar a idoneidade do Papa Francisco, após ele ter recebido o ex-presidente Lula, no Vaticano, nesta quinta-feira, 13.

O mar de besteiras e bizarrice invadiu as redes contra o Papa, aqui no Brasil, na prova real de que uma sociedade doente e caolha é desmedida, irracional e leviana. O mínimo dito pelos agressores foi que Francisco é um “Papa comunista”.

Grande parte dessa gente se diz católica praticante, mas que, no fundo, sequer sabem que são tamanha é alienação ideológica e política.

Francisco: missão de religioso

Como também são evangélicos neopentecostais que usam suas igrejas como banco de arrecadação de fundos para enriquecer pastores em nome de Deus e até para colher assinaturas em apoio a partidos políticos que lhes rendem mais.

Na casa do senhor, em tese, não existe satanás. Mas atos e atitudes hoje dizem o contrário.

Antes de morrer na cruz, Cristo perdoou o bom e o mal ladrão na hora da morte. Perdoou Judas, após a traição, converteu a ferocidade de gladiadores que o atacavam criminosamente, enfim, abriu os braços para acolher todo e qualquer ser que por ele queria ser acolhido.

Pastores evangélicos também colocam suas bíblias nas mãos e vão aos presídios tentar converter assassinos, matadores de aluguel, milicianos, enfim, a marginalidade, e trazê-los para as suas igrejas.

Por que então o Papa não pode receber o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva? Ora, trata-se de um líder religioso e é dever dele. Não apenas com Lula, mas com qualquer outro que o procure.

Acontece que os interesses políticos torpes, acabam materializando a hipocrisia de homens e mulheres que, aos domingos, vão inflar o ego nos bancos de igrejas.

Ora, sois santos?

 

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.