25 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Em pronunciamento político, Moro praticamente delatou Bolsonaro

Moro contra Jair: fez um discurso político contundente, focado e planejado

Moro deixa o Ministério da Justiça atirando

O pronunciamento de Sérgio Moro foi bombástico. Ele entregou Jair Bolsonaro de bandeja para a justiça.

Falou de crimes de improbidade administrativa cometidos pelo presidente, além do crime de falsidade ideológica. Um prato cheio para as instituições com o mínimo de seriedade.

O ex-ministro agiu , como bem diz a manchete do Estadão: “Moro atira no coração de Bolsonaro”.

Sérgio Moro, na verdade, fez um pronunciamento político, focado no seu futuro. O fez com objetivo claro: detonar o governo e se fortalecer para 2022.

Ele saiu do governo com aquela história das pessoas que costumam dizer “não tenho mais nada a perder”. E por isso saiu atirando com metralhadora giratória. Ao contrário do que fez  Mandetta, o ex-ministro da saúde.

Não há como não dizer que Sérgio Moro se capitalizou politicamente. O quanto ainda não se sabe, mas que ele o fez com essa intenção está bem claro.

Saiu como vítima e apresentou um rosário de queixas contra quem o afrontou nesse processo. Caso pensado e planejado.

Sérgio Moro é político na essência. Sabe o que pretende.

E sabe bem o que fará com esse episódio daqui para frente.

É aquela história, gestor público que nomeia para uma função aquele que não pode demitir, tende a sofrer as consequências.

Moro viu isso e disso se aproveitou muito bem.

 

One Comment

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.