28 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Empresas vão confeccionar 90 mil máscaras descartáveis em Alagoas

Elas tem o apoio do Senai, Sebrae e Sindivest

Contribuir para prevenir a contaminação pelo novo coronavírus e, ao mesmo tempo, gerar renda para pequenos negócios.

Esse é o resultado que se espera de uma parceria firmada entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL), o Serviço Brasileiro de Apoio às Mico e Pequenas Empresas (Sebrae/AL) e o Sindicato da Indústria do Vestuário de Alagoas (Sindivest/AL), juntamente com empresas a associações de costureiras alagoanas.

Funciona assim:

  • o Sebrae doou o tecido, a linha e o elástico para a confecção de máscaras descartáveis do tipo não hospitalar;
  • o Senai já iniciou os cortes no material;
  • Em parceria com o Sindivest, vai entregar o material, em lotes, para as empresas fabricarem o item.

Metade do que for produzido fica com as empresas e a outra metade será entregue ao Senai e ao Sebrae, que farão doações.

Além dos materiais, as empresas e associações receberam consultoria do Senai, 100% on-line, sobre como conduzir os processos de recebimento dos materiais e produção das máscaras dentro de padrões de segurança sanitária.

Eles foram orientados, por exemplo, sobre a higienização dos equipamentos, ambientes e dos operadores de máquinas. O objetivo é evitar a propagação do coronavírus, causador da Covid-19.

Receberam tecido para confecção das máscaras as associações de costureiras dos municípios de Marechal Deodoro, Porto Calvo, Mar Vermelho, Paulo Jacinto, Santana do Ipanema, Olho d’Água das Flores, Coruripe, São José da Laje, União dos Palmares e Palmeira dos Índios.

A parceria inclui as empresas Nathalia Amaral, Maneka, Manu Mortari, Mais Surf, Matiz & Luz, Official Sporte, Caffalu, JM Delgado, Vit Sporte, Santuário Moda Íntima, Coash, Intimus, Daniel, Albatroz e Graça Costuras.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.