25 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Enquanto uns andam na contramão, empresários alagoanos dão show de solidariedade

Estado recebera 20 monitores de respiração e 40 camas hospitalares da iniciativa privada nos próximos dias

“O Brasil está vivendo um desafio histórico. Iniciamos uma guerra contra um inimigo que não enxergamos, mas já conhecemos o estrago que vem fazendo: o Coronavírus! Os números de infectados e de óbitos são assustadores (…). O dever nos chama e a preocupação em contribuir com as autoridades públicas nos fez criar esse movimento social”.

Assim, começa o manifesto do movimento Alagoas Mais Forte, iniciativa de um pool empresarial (aberto à sociedade em geral), com objetivo de ajudar o Estado nas ações de enfrentamento e combate ao novo Coronavírus, através da doação de equipamentos para estruturar hospitais de campanha.

Com um mês de criado, o movimento já conseguiu viabilizar a compra de 20 monitores multiparâmetro com capinografia, equipamento auxiliar fundamental ao uso dos respiradores nos leitos de UTI. Serão entregues nesta quarta-feira (22), à Secretaria de Estado da Saúde. Cada um desse equipamento custa R$ 15 mil, totalizando um investimento de R$ 300 mil, só nesse item, recursos vindos totalmente da iniciativa privada. Teve empresa que – apesar da crise econômica que tenta abater essa luta pela vida – doou o equivalente a dois, três desses equipamentos.

Ilustração/divulgação

E tem mais, nos próximos 15 dias chegam também, pelas mesmas vias, 40 camas hospitalares, já compradas para os novos leitos de internação que estão sendo montados pelo Estado. Até agora o dinheiro arrecadado pelo Movimento possibilitou investimentos de mais de meio milhão de reais em equipamentos para doação ao serviço público de saúde. O próximo desafio, segundo a advogada e empresária Andrea Maranhão, porta-voz do movimento Alagoas Mais Forte, será a compra de equipamentos de proteção individual  – máscaras, toucas, luvas e avental hospitalar – para os profissionais que trabalham na linha de frente do combate ao Convid-19.

Um exemplo emocionante de humanismo e solidariedade, que coloca à frente dos números do prejuízo econômico que afeta a todos, a necessidade veemente de salvar vidas em primeiro lugar.

Ah, se todo mundo agisse assim, ao invés de ficar disseminando bravatas de ódio pela internet, como aquele, que sugeriu um tiro na cabeça do governador, e o outro, desejando que um comerciante corte a cabeça de um policial (sim, teve isso também, e está gravado, se o Face não tirou do ar esse horror).

O problema é que tem gente que prefere remar contra a corrente, virar o barco e deixar que todos se afoguem, e ao invés de somar forças na luta para vencer essa praga (o vírus) o mais rápido possível e com o menor número possível de prejuízos na economia e na vida, prefere desvirtuar a gravidade da situação e se aglomerar no meio da rua para evocar a intervenção do Exército (contra quem, mesmo? Seria contra o vírus?).

Mas, fiquemos com o bom exemplo dos que tentam ajudar a vencer a tempestade, conduzindo o barco a um lugar seguro. Parabéns aos idealizadores do Alagoas Mais Forte! É a esses que devemos nos juntar.

Como participar

Segundo Andrea Maranhão, o objetivo do Movimento é unir esforço com o Estado para ampliar a capacidade para enfrentar o aumento da demanda de leitos de UTI, que precisarão estar equipados com ventiladores pulmonares e seus acessórios, como única forma de possibilitar a respiração assistida e conter o número de óbitos.

E qualquer pessoa pode fazer doação de qualquer quantia em dinheiro. “Qualquer valor é bem-vindo”, esclarece Andrea, reafirmando que todo valor arrecadado será aplicado, integralmente, na compra desses equipamentos hospitalares. O valor deve ser depositado no Banco do Brasil, agência 1523-7, Conta poupança 238.613-5,  Operação 051, cujo titular é Inst. Diva Doação – CNPJ: 12.955.134/0001-45.

O valor da doação realizada poderá ser deduzido no Imposto de Renda do doador, mediante recibo a ser emitido pela entidade beneficiária. Para isso e para a prestação de contas, os comprovantes de depósito, nome e CPF dos colaboradores devem ser enviados ao email: [email protected]

Dúvidas e sugestões, inclusive sobre a prestação e contas, podem ser esclarecidas pelo telefone (82) 9982 7272.

Confira o manifesto do AL Mais Forte

#Alagoasmaisforte, #Combateaoscoronavírus, #Solidariedade

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.