9 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade
Expresso

Ex-presidente do Paquistão é condenado à morte por violação dos direitos humanos

Ele foi aliado do ex-presidente norte-americano George W. Bush

O ex-presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, foi condenado à morte

Um tribunal paquistanês condenou à pena capital, à revelia, o antigo presidente do país, Pervez Musharraf. O general, aliado do presidente norte-americano George W. Bush na “guerra contra o terrorismo”, foi dado como culpado de alta traição e subversão da Constituição, violando o artigo 6 da Constituição do Paquistão.

Ele impôs o estado de emergência no país, em 2007, ano em que a oposição interna ao seu governo começava a ganhar força. Entre novembro daquele ano e fevereiro de 2008, foram suspensas as liberdades civis e os processos democráticos, verificando-se sucessivas violações dos direitos humanos. Musharraf ascendeu ao poder em 1999 na esteira de um golpe de estado e foi presidente até 2008.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.