8 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Fim da dedução do INSS das domésticas atinge classe média, diz Renan

Senador diz que medida é um retrocesso que desemprega e informaliza

Renan Calheiros acusa golpe do imposto na classe média

O fim da dedução do INSS das empregadas domésticas no Imposto de Renda acerta diretamente patrões e patroas da classe média que costumavam inserir esse item em suas declarações anuais à Receita Federal.

A decisão tomada pelo governo Jair Bolsonaro foi exatamente para que o contribuinte normal pague um pouco mais de imposto, como bem recomenda o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Há, no entanto, reações no âmbito do parlamento e uma delas veio do senador Renan Calheiros (MDB) que, em sua conta no Twitter, disse que, além de um retrocesso, a medida “prejudica a classe média, desemprega e informaliza”.

Ele lamentou a decisão do governo e destacou o fato de ter sido um dos senadores responsáveis pela regulamentação trabalhista das empregadas domésticas no País.

“Quando aprovamos a Lei das Empregadas Domésticas gritaram que travaria a economia. Não travou. O privilégio sempre tenta impedir o novo. A velha ordem se faz de vítima para que nada mude. Mas, a civilização prova que nada é mais caro do que o atraso”. Postou no Twitter o senador.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.