2 de junho de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

Fritado pela ciumeira de Bolsonaro, Mandetta tem apoio da população

Bolsonaro e apoiadores mais fiéis querem ver o ministro pelas costas

Ministro Mandetta: alvo da ciumeira do presidente do Brasil

Completamente fritado pelo presidente Jair Bolsonaro e seus seguidores mais fiéis, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, segue no cargo apoiado pela maioria da população.

A briga entre eles está exatamente na postura do ministro que exige da população o completo isolamento contra o coronavírus, enquanto Jair Bolsonaro tem declarado o contrário. Sobretudo que o vírus não passa de uma “gripezinha”.

O destaque que Mandetta ganhou da mídia pela sua atuação gerou uma ciumeira jamais vista no Planalto e acabou isolando o próprio presidente, que ficou só na defesa do povo de volta às ruas, em nome da economia.

Ontem, Mandetta, 03 de abril, Mandetta  pediu à população que siga as determinações dos governadores para combater a disseminação da Covid-19.
De acordo com o ministro, os líderes dos Executivos estaduais têm acesso aos dados detalhados sobre a situação de cada região e saberão o que fazer. Os governadores são alvo de críticas de Bolsonaro por terem decretado o fechamento de escolas e comércios.
“Nós recomendados que as pessoas, todas elas, atendam às recomendações dos governadores dos seus estados, que têm os melhores números, os melhores indicadores para propor as medidas. O que é da minha responsabilidade é dizer: temos uma doença infecciosa respiratória viral, o vírus é competente e, se nos juntarmos, vamos fazer contaminação uns dos outros”, pregou.
Questionado se pedirá demissão por causa das críticas que vem sofrendo de Bolsonaro, Mandetta afirmou: “Quanto a deixar o governo por minha vontade, tenho uma coisa na minha vida que aprendi com meus mestres: médico não abandona paciente”, enfatizou o ortopedista.”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.