14 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Maceió

Funcionários da Veleiro fazem protesto pelo 13º

Mais de 600 trabalhadores atrasaram a saída da garagem; Eles também cobravam o pagamento do FGTS

atualização às 9h13: após reunião com a empresa, trabalhadores da Veleiro decidiram suspender a paralisação e colocaram os ônibus para circular novamente.

Arquivo

Na manhã desta segunda-feira (02), motoristas e cobradores da empresa Veleiro paralisaram as atividades. Eram mais de 600 trabalhadores cobrando o pagamento da primeira parcela do 13º salário.

Além do décimo, os funcionários também cobravam o pagamento do FGTS e encargos sociais. Com isso, mais de 80 ônibus em 15 linhas que atendem bairros de Maceió e região metropolitana ficaram sem funcionar.

De acordo com o sindicato, há um aviso na empresa dizendo que o pagamento do mês de novembro será pago no dia 16 de dezembro, mas a quinzena que deveria ser paga dia 20 de novembro está chegando aos funcionários aos poucos.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sinttro) afirmou que os funcionários só iram voltar a trabalhar após uma reunião com a direção da empresa.

MPT

O Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou uma audiência com representantes dos trabalhadores do transporte coletivo de Maceió, na sede do MPT, após os trabalhadores denunciarem que as empresas estão se adequando para a acabar com a função de cobrador de ônibus.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.