5 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Governador diz que entrada pelo aeroporto será monitorada a partir de hoje

Hoje cedo denunciamos a facilidade com que pessoas vindas de outros países entram em Alagoas sem nenhum monitoramento de saúde

Em live realizada no início da noite desta quinta-feira (19), o governador Renan Filho anunciou que a partir de hoje o Estado passará a fazer o monitoramento da chegada de passageiros no Aeroporto Internacional  Zumbi dos Palmares, com equipes checando de onde vem, avaliando sintomas de saúde e fazendo as recomendações e os procedimentos necessários à contenção da propagação do coronavírus no território alagoano.

Hoje cedo publicamos o relato de um alagoano que embarcou dia 17, em Lisboa, com destino a Maceió, fazendo conexões nos aeroportos de Guarulhos (SP) e de Recife.  Segundo ele, em nenhum desses quatro aeroportos houve qualquer abordagem para saber sequer de onde veio, por onde andou, se teve contato com pessoas com suspeita de ter contraído o vírus ou e se apresentava algum sintoma. Desceu no aeroporto tranquilamente e seguiu direto para casa, bastante preocupado com a vulnerabilidade a que todos nós estamos expostos. (Leia aqui)

Na entrevista, o governador informou que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deveria estar fazendo esse monitoramento, mas não está. E disse que ainda hoje estará indo ao aeroporto Zumbi dos Palmares, acompanhado do Secretário de Estado da Saúde, Alexandre Aires, para instalar o serviço de monitoramento de passageiros no terminal aeroviário.

Também anunciou que serão monitorados por equipes do Estado, os terminais rodoviários e as divisas com outros estados.

Demorou!

Se a Anvisa vai continuar peitando o Ministro da Saúde, e se esquivando de cumprir seu papel fiscalizador, que o Estado assuma essa função. A saúde da população não pode ficar mercê das picuinhas do Palácio Central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.