12 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Política

Lula livre: Ex-presidente deixa a prisão em Curitiba

Multidão o recebeu aos gritos de “eu te amo” e acompanhou seu primeiro discurso

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu, na tarde desta sexta (8), da prisão na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba após ser liberado pela Justiça Federal.

Ele deixou a sede da PF a pé e foi abraçado por diversos apoiadores. Estavam presentes o ex-senador Lindbergh Farias, o ex-prefeito Fernando Haddad, o deputado federal Wadih Damous e a deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR).

A decisão coube ao juiz Danilo Pereira Jr., que substitui Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal em Curitiba, que está em férias e é a responsável pela execução da pena de Lula.

Lula foi beneficiado pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, em julgamento finalizado ontem, proibiu prisão após condenação em segunda instância, caso de Lula.

O ex-presidente estava preso na capital paranaense desde abril de 2018 em razão da sentença que recebeu no processo do tríplex, derivado da Operação Lava Jato.

Com a saída da prisão, o plano de Lula é falar com os militantes que ficam na vigília “Lula livre”, instalada em um terreno na frente da PF em Curitiba.

Na sequência, ele viaja para São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo.

No dia seguinte, ele participará de um ato no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo. No local, ele deverá fazer um pronunciamento.

Nos arredores da sede da PF, em Curitiba, onde Lula passou mais de um ano preso, cerca de 200 pessoas aguardavam a saída e um pronunciamento do ex-presidente.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.