3 de junho de 2020Informação, independência e credibilidade
Mundo

Mais de dois mil hóspedes passarão quarentena nas Maldivas com tudo pago

Os primeiros casos foram de dois funcionários, contaminados por um turista italiano que passava férias no local e testou positivo ao voltar para Europa

Por conta de casos de contaminação pelo vírus Covid-19, pelo menos quatro resorts nas Maldivas foram colocados em quarentena. Portanto, os hóspedes do Kuredu, Vilamendhoo, Batalaa e Kuramathi, cerca de duas mil pessoas, estão impedidas de sair ou entrar nas ilhas.

Com isso, autoridades sanitárias do país emitiram comunicado que os hóspedes continuarão hospedados e terão as refeições subsidiadas. Por ora, nenhum hotel acusou problemas de abastecimento para os próximos dias.

Primeiros casos

Os primeiros casos, registrados em 7 de março, foram de dois funcionários que trabalham no Kuredu Island Resort & Spa, no atol Lhaviyani. Eles teriam sido contaminados por um turista italiano que passava férias no local e que ao retornar para casa teve diagnóstico positivo para o Covid-19. Dois outros casos foram confirmados no Sandies Bathala Resort, no atol A.A, que também foi posto em quarentena.

Os resorts lançaram apelos em suas redes sociais pedindo que todos os hóspedes que estiveram em alguma das unidades que estão no momento em quarentena que busquem as autoridades sanitárias.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.