11 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Justiça

Marechal Deodoro: Prefeito Cacau é alvo de ação de improbidade administrativa

Acusação tem 15 dias para provar ao juiz com apresentação de documentação pessoal e demais documentos

Cacau Filho, o prefeito de Marechal Deodoro, é acusado de improbidade administrativa, em processo que tramita na 1ª Vara Cível e Criminal de Marechal Deodoro. A ação popular é movida pelo analista judiciário Dêvis Klinger da Silva Menezes.

De acordo com as acusações, o prefeito teria cedido servidores comissionados e contratados pela Prefeitura de Marechal Deodoro para o Poder Judiciário. Isso é ilegal. Além disso, eles ainda estariam atuando em outras ações nas quais o prefeito é réu.

A acusação tem 15 dias para provar ao juiz Allysson Jorge Lima de Amorim, com apresentação de documentação pessoal e demais documentos. A ação entregue ao Ministério Público não está embasada em documentos que comprovem as supostas irregularidades.

Outro lado

A Prefeitura de Marechal Deodoro informou em nota que há uma parceria entre o município e o Tribunal de Justiça para aprimorar o trabalho do TJ na cidade e que o objetivo da ação seria “uma promoção pessoal (de Dêvis Klinger)”:

A Prefeitura de Marechal Deodoro informa que existe uma parceria entre o município e o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) por meio do Termo de Cooperação Técnica nº 002TJ/AL 2018, vigente até o ano de 2020. O Termo tem por objetivo aprimorar o trabalho do TJ/AL no município, destacando que não existe nenhuma ingerência por parte do município aos servidores cedidos.

O município ressalta ainda que não conhece a ação, e que assim que notificado, se colocará para os demais esclarecimentos. A ação popular de autoria do analista judiciário Dêvis Klinger da Silva Menezes, é mais uma cujo o interesse é a promoção pessoal, destacando o insucesso de outras ações, como a que o mesmo foi condenado a litigância de má-fé por meio do processo 0701322-55.2017.8.02.0044 em trâmite na 2ª Vara de Marechal Deodoro.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.