11 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

Ministério da Saúde assina documento que viabiliza 100 milhões de vacinas contra covid-19

Primeiro lote de 15 milhões de vacinas deve chegar em dezembro deste ano

O Ministério da Saúde assinou um documento que dará base para o acordo sobre a transferência e produção de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19, caso seja comprovada a sua eficácia e segurança.

O acordo foi feito através da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e a AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford.

O secretário de vigilância em saúde da pasta, Arnaldo Correia de Medeiros, afirmou nesta semana que o primeiro lote —de 15 milhões de vacinas — deve chegar em dezembro deste ano. A imunização está na terceira e última fase de testes.

O governo prevê um investimento de R$ 522,1 milhões na estrutura de Bio-Manguinhos, unidade da Fiocruz produtora de imunobiológicos. O objetivo, diz a pasta em nota, é ampliar a capacidade nacional de produção de vacinas e tecnologia disponível para a proteção da população.

Os gastos adicionais de R$ 1,3 bilhão são referentes a pagamentos previstos no contrato de encomenda da vacina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.