3 de junho de 2020Informação, independência e credibilidade
Política

Moro pede demissão; Bolsonaro tenta fazê-lo mudar de ideia

Ex-juiz da Lava Jato não gostou de mais um anúncio na mudança no comando da PF

O ministro da Justiça Sergio Moro pediu demissão nesta quinta-feira (23) a Jair Bolsonaro. O ex-juiz da Lava Janto não gostou de saber que o presidente quer trocar o comando da Polícia Federal (PF), hoje ocupada por Maurício Valeixo.

Em reunião nesta tarde, Bolsonaro comunicou que a trocada deve ocorrer nos próximos dias. Desde o ano passado o presidente vem fazendo essa ameaça, pois quer ter controle sobre a atuação da polícia.

Mas como o atual diretor-geral é homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato e haveria dificuldades em encontrar um sucessor, já ficou entendido que se Valeixo sair, Moro sairá junto.

Aliados do ex-juiz avaliam que a saída de Valeixo enfraquece o ministro e significa uma intervenção do presidente na principal corporação de investigação do país.

Maurício Valeixo na diretoria da Polícia Federal foi uma escolha pessoal de Sérgio Moro. Por duas vezes Bolsonaro tentou afastá-lo do cargo. Uma delas em função das investigações da PF contra Flávio Bolsonaro, filho do presidente envolvido no esquema de corrupção da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Portanto, assim como diversas crises criadas por ele mesmo, Bolsonaro terá que solucionar mais uma. E os ministros Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) foram escalados para convencer o ainda ministro Moro a recuar da decisão.

Popularidade

Segundo o Datafolha, Moro se firmou como o ministro mais popular do governo Bolsonaro, com aprovação superior à do próprio presidente. No início de dezembro de 2019, Moro tinha 53% da população avaliando sua gestão como ótima/boa.

Outros 23% a consideram regular, e 21% ruim/péssima. Por outro lado, Bolsonaro tinha números mais modestos, com 30% de ótimo/bom, 32% de regular e 36% de ruim/péssimo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.