5 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

MP/AL pede à prefeitura de Maceió que não aplique R$ 4,10 para passagem de ônibus

Esta quantia já havia sido aprovada pelo Conselho Municipal de Trânsito, um reajuste de 12,16%.

Conselho Municipal de Trânsito aprovou reajuste de 12,16%, mas MP/AL recomendou que a Prefeitura de Maceió não aplique o valor de R$ 4,10

Em reunião com a prefeitura de Maceió, representantes do Ministério Público pediram que não seja aplicado o valor de R$ 4,10 para a passagem de ônibus na Capital de Alagoas. Esta quantia foi aprovada pelo Conselho Municipal de Trânsito, representando um reajuste de 12,16%.

A solicitação aconteceu após uma auditoria mostrar que é possível encontrar “uma fórmula para manter a higidez do sistema, evitando, desta forma, que esse mesmo sistema de transporte público entre em colapso”.

O resultado deste estudo será apresentado ao MPAL e ão MPC nesta terça-feira e ficou definido que o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, vai analisar a auditoria e elaborar uma nova proposta sobre o valor da passagem.

Estavam presentes na reunião, com o prefeito Rui Palmeira, os promotores Max Martins, da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, Jorge Dória, da Promotoria de Justiça de Urbanismo, e Fernanda Moreira, da Promotoria de Justiça da Fazenda Pública Municipal, e o procurador do Ministério Público de Contas, Pedro Barbosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.