12 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Economia

Na Itália, Renan discute financiamentos e Consórcio Nordeste apresenta oportunidades

Governadores dos nove Estados da Região buscam investimentos para áreas comuns à região

Empresários italianos conversaram com os governadores em busca de informações mais detalhadas sobre os negócios. Elisa Elsie/Consórcio Nordeste

No terceiro dia da missão do Consórcio Nordeste à Europa, onde governadores dos nove Estados buscam investimentos para áreas comuns à região, Alagoas já contabiliza importantes conquistas.

Além de captar o voo que ligará Maceió a Portugal pela companhia aérea TAP e a instalação de uma unidade da rede de hotéis Vila Galé, que investirá R$ 120 milhões em Alagoas, o governador Renan Filho discutiu, nesta quarta-feira (20), a ampliação das relações com a Itália em áreas estratégicas para o estado e novos financiamentos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

Em Roma, os governadores foram recebidos pela diretoria do FIDA, agência especializada das Nações Unidas (ONU), que apresentou um projeto de acesso à água para comunidades rurais em desenvolvimento junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para os estados brasileiros.

“Tivemos uma reunião muito produtiva para encontramos novos caminhos para financiar projetos importantes, sobretudo capazes de reduzir desigualdade e pobreza, levando água ao homem do campo. O FIDA entende como muito importante trabalhar para a chegada de água para consumo humano e inclusão produtiva, a fim de induzir o desenvolvimento econômico do Nordeste”. Renan Filho, governador.

Consórcio Nordeste

​A Itália é um dos países de interesse do Nordeste para ampliação do fluxo de negócios. Os governadores da região participaram de evento com mais de 40 empresários italianos em Roma, nesta quarta-feira (20), quando apresentaram o potencial do Nordeste para investimentos em áreas como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas.

​No evento, organizado pela Confederação Geral da Indústria Italiana (Confindustria), os empresários conversaram com os governadores em busca de informações mais detalhadas sobre os negócios e também para o esclarecimento de dúvidas.

A diretora de Relações Internacionais da Confindustria, Ana Elisa Bison, destacou a importância da união dos estados. A diretora revelou que a Confindustria está planejando uma missão ao Brasil para 2020:

“A ideia do consórcio é muito interessante porque consegue fazer, entre outras coisas, compras conjuntas e economizar. Juntos como um único território eles têm mais força para atrair mais investimentos estrangeiros”. Ana Elisa Bison, diretora de Relações Internacionais da Confindustria.

​A viagem à Europa é uma articulação do Consórcio Nordeste para atração de investimentos, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPP). Na Europa, os governadores destacam a capacidade de consumo e de desenvolvimento da região, que é a segunda mais populosa do Brasil e a terceira maior em extensão territorial.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.